Oração

10/12/2012


Natanael de Barros Almeida
Coletânea de Ilustrações, Edições Vida Nova

Em maio de 1962, no Japão, ocorreu um terrível desastre de trem. Cerca de cento e cinqüenta pessoas morreram. Minha mãe telefonou-me para dizer que meu irmão estava num dos vagões destruídos.

Antes que ela me desse quaisquer detalhes, minha mente retornou veloz, a fim de recapitular uma conversa que eu tivera com ele, alguns dias antes. Embora tivesse professado sua fé há alguns meses, expressando desejo de tornar-se um cristão, dissera-me naquele dia que não acreditava na Bíblia, e nem sentia certeza da vida eterna em Cristo.

Mamãe continuou, e disse que todos os passageiros em volta de meu irmão foram mortos, mas que ele tivera somente um pequeno ferimento num dedo.

Quando vi meu irmão depois da tragédia, ele manifestou a crença de que fora protegido por nossas orações. Compreendera a terrível incerteza da vida e a necessidade de confiar na vida eterna que Cristo nos oferece de graça.
 

Norikonseo (Japão)

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 10/12/12 por e-mail.