Somos chamados para a eternidade com o Senhor

21/11/2012

 

Amós 9.11-15

11 Naquele dia, tornarei a levantar o tabernáculo de Davi, que está caído, e repararei as suas brechas, e tornarei a levantar as suas ruínas, e as reedificarei como nos dias antigos;
12 para que eles possuam o resto de Edom, e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor, que faz estas coisas.
13 Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que o que lavra alcançará ao que sega, e o que pisa as uvas, ao que lança a semente; e os montes destilarão mosto, e todos os outeiros se derreterão.
14 Também trarei do cativeiro o meu povo Israel; eles reedificarão as cidades assoladas e nelas habitarão; plantarão vinhas e beberão o seu vinho; farão pomares e lhes comerão o fruto.
15 Assim, os plantarei na sua terra e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o Senhor, teu Deus.


O livro de Amos retrata basicamente uma mensagem de julgamento: julgamento sobre as nações, oráculos e visões de julgamento divino sobre Israel. O tema principal do livro mostra que o povo de Israel tinha quebrado seu concerto com Deus. Como consequência, o profeta apresenta o castigo de Deus sobre o povo por causa do pecado, e esse seria severo.

E o livro termina da forma como citamos no início desta mensagem, com o texto que nos é o motivador de hoje. Uma restauração! Depois dos julgamentos anunciados, depois da consequência do pecado, haverá uma restauração para aqueles que seguiram a vontade do Senhor. Afinal, não foram todos que se corromperam sem arrependimento. Muitos erraram e permaneceram em seus erros, tendo que assumir a consequência de seu erro. Mas há os que se arrependeram, os que buscaram ao Senhor, mesmo diante da chacota dos demais, da dúvida de muitos, dúvida que é errada mas que até parece ter razão , sobre o cuidado do Senhor.

Que possamos fazer parte desse grupo que passará com o Senhor a eternidade, quando houver a devida restauração!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 21/11/12 por e-mail.