Por que sorrir?

03/08/2012



Do site ilustrar.com.br

Um sorriso não custa nada, mas faz muito. Enriquece aqueles que o recebem, sem empobrecer aqueles que o dão. Acontece num lampejo e a sua lembrança, às vezes, dura para sempre. Ninguém é tão rico a ponto de dispensá-lo e ninguém é tão pobre que não possa oferecê-lo; porém, ambos se enriquecem com seus benefícios. Ele cria felicidade no lar, favorece a boa disposição e a amizade.

É repouso para o fatigado, luz do dia para o desanimado, raio de sol para o triste e o melhor antídoto contra a preocupação. Entretanto, não pode ser comprado, tomado, emprestado ou roubado, pois é algo que não constitui bem terreno para ninguém, até ser doado.

Ninguém precisa tanto de um sorriso como aqueles que não têm mais nada para dar.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor



Esta meditação foi enviada em 03/08/12 por e-mail.