Siga fazendo a vontade do Senhor e confie

15/05/2012

 

Atos dos Apóstolos 23.31-35

31 Os soldados, pois, conforme lhes fora mandado, tomando a Paulo, o levaram de noite a Antipátride.
32 Mas no dia seguinte, deixando aos de cavalaria o irem com ele, voltaram à fortaleza;
33 os quais, logo que chegaram a Cesaréia e entregaram a carta ao governador, apresentaram-lhe também Paulo.
34 Tendo lido a carta, o governador perguntou de que província ele era; e, sabendo que era da Cilícia, disse:
35 Ouvir-te-ei quando chegarem também os teus acusadores; e mandou que fosse guardado no pretório de Herodes.

Agora, Paulo está em outro local. A sua prisão continua levando seu trabalho para outros lugares. Paulo sabia qual era sua missão no meio disso tudo e estava disposto a cumprir! Desde o começo. Mesmo quando os irmãos o alertavam, ele tinha convicção de que esse caminho ele devia seguir e realizar, assim, a vontade do Senhor.

Talvez alguns (se não muitos) hoje em dia pudessem pensar que algo estava errado. Como Paulo poderia estar preso? Onde estava a mão do Senhor, o cuidado, a proteção? Logo ele... um servo tão dedicado, tendo que passar por algo assim e ainda mais da forma como tudo parecia ser, apenas por inveja, uma tentativa de fazer ele se calar, perseguição religiosa mesmo! Será que alguns não iriam, como os amigos de Jó, tentar achar que Paulo teria feito realmente algo errado para que passasse por tal privação  de liberdade e por tal perseguição? Alguns não pensariam em falta de fé ou pecado? Hoje, com a história escrita, não pensamos isso de Paulo, mas será que se um irmão nosso passar por algo assim não haverá quem pense coisas desse tipo antes de entender que realmente pode ser apenas a manifestação da vontade do Senhor? Que mesmo ele passando por algo que pareça ser uma privação, uma dificuldade, ainda assim ele está no centro da vontade do Senhor e pronto para glorificar o Nome Dele?

Bem sei que não é nada agradável passar por situações ruins. É muito mais fácil ter a impressão que o Senhor está agindo quando passamos por algo que entendemos como bom. Mas, pode acontecer de algo bom ao nosso entender não ser algo que venha do Senhor e pode acontecer de termos situações delicadas e complicadas que manifestam o querer do Senhor. Não quer dizer que sempre é assim, mas precisamos entender que algumas vezes acontece dessa forma sim! Agora, quando estamos realizando a vontade do Senhor, até mesmo o que nos parece ruim trará seu propósito. A chave, então, é ter certeza que estamos fazendo o querer do Senhor, não o que a sociedade, família, amigos, quem quer que seja, veja como certo. O certo é realizar a vontade do Senhor e deixar Ele cuidar de tudo! Muitos irmãos na fé tentaram tirar da cabeça de Paulo a ideia de ir para Jerusalém, por zelo, carinho, mas Paulo sabia que era o querer do Senhor para ele cumprir essa tarefa! Ao agir como ele, todas as coisas irão colaborar para o seu bem, porque se você faz a vontade do Senhor, revela seu amor por Ele e todas as coisas, todas mesmo, colaboram para o bem daqueles que amam ao Senhor. Não só o que parece bom e agradável. Mas todas! Não é fácil enfrentar dificuldades e dores, mas realizando a vontade do Senhor, logo tudo mostrará seu propósito. Siga fazendo a vontade do Senhor e confie!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 15/05/12 por e-mail.