A oração de Asa

30/04/2012


1ª parte


E Asa clamou ao Senhor, seu Deus, dizendo: Ó Senhor, nada para ti é ajudar, quer o poderoso quer o de nenhuma força. Acuda-nos, pois, ó Senhor, nosso Deus, porque em ti confiamos, e no teu nome viemos contra esta multidão. Ó Senhor, tu és nosso Deus, não prevaleça contra ti o homem. - 2 Crônicas 14.11

Um único versículo e podemos tirar lições valiosas! Quando nos preocupamos em observar o que a Bíblia tem a nos dizer, podemos tirar muitas lições de um único versículo! Faremos essa observação hoje e nas próximas semanas, permitindo o Senhor.

Primeiro destaque que quero fazer: Asa clamou por socorro.

Podemos ler o texto antes e depois e verificar a situação. Era realmente necessário esperar por socorro. E Asa não achou que conseguiria sozinho, não imaginou que o exército resolveria qualquer situação, que outras pessoas poderiam vir em seu socorro. Ele até poderia esperar por isso, mas ele queria que essa manifestação fosse feita da parte de Deus.

Ele entendeu que a força do homem, quer poderoso ou não, nada vale se não for o cuidado do Senhor. Ele deixa isso claro em sua oração! Sabia que a situação que estava enfrentando era complicada e que precisava de socorro. E não teve dúvidas: clamou ao Senhor.

Muitas vezes temos problemas ou situações em nosso dia a dia que tentamos resolver por nossa própria força. Outras, achamos que alguém pode nos ajudar. E nos esquecemos que se não for o cuidado do Senhor, nem nós nem outra pessoa, ninguém terá força ou sabedoria para resolver qualquer coisa.

Asa não teve dúvida! Sabia que a situação era complicada e clamou por socorro ao Senhor. Não se intimidou, não confiou em força humana. Claro que não prego contra nossa atitude diante dos problemas! Não acho que devemos orar e esperar, a não ser que o Senhor deixe claro que deve ser assim em determinada situação. Muitas pessoas oram e esperam, quando o Senhor as chama para agir ou até mesmo esperar a solução com a ajuda de outra pessoa. Não devemos apenas orar e esperar, a não ser que o Senhor deixe claro que é assim em determinada situação. Não será sempre assim!

Haverá situações que teremos que agir ou precisaremos seguir atentos para discernir a manifestação do Senhor ao nosso redor, nos trazendo a solução. Quantas pessoas esperam apenas pelo "sobrenatural" e muitas vezes a resposta está bem na frente!

Mas não é porque vamos agir que devemos descuidar da oração! Ela deve ser clara e não podemos descuidar disso. Como fez Asa, devemos clamar ao Senhor e se for por socorro, devemos fazer isso, sabendo que do Senhor virá a resposta, quer seja de forma "sobrenatural", ou através de nossas forças ou com a ajuda de alguém. Se não for o cuidado do Senhor, nada irá acontecer!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor



Esta meditação foi enviada em 30/04/12 por e-mail.