Somos chamados para buscar ao Senhor

04/04/2010

 

Salmo 119.161-168

161 Príncipes me perseguem sem causa, mas o meu coração teme as tuas palavras.
162 Regozijo-me com a tua palavra, como quem acha grande despojo.
163 Odeio e abomino a falsidade; amo, porém, a tua lei.
164 Sete vezes no dia te louvo pelas tuas justas ordenanças.
165 Muita paz têm os que amam a tua lei, e não há nada que os faça tropeçar.
166 Espero, Senhor, na tua salvação, e cumpro os teus mandamentos.
167 A minha alma observa os teus testemunhos; amo-os extremamente.
168 Observo os teus preceitos e os teus testemunhos, pois todos os meus caminhos estão diante de ti.


Como algumas vezes já escrevi, precisamos conhecer a vontade de Deus para a nossa vida, independente do que pareça certo ou errado socialmente falando. No exemplo que sempre dou, ser missionário em outros povos nunca será tido como errado, mas se não for a vontade de Deus para alguém será um erro! Será certo para outro! Esse é apenas um exemplo e precisamos ter intimidade com o Senhor para entender qual a vontade Dele para a nossa vida em todas as áreas. Conhecer isso é como encontrar uma "Mina de bens preciosos", como ter "despojos". Claro que conhecer o querer geral do Senhor, a busca da santidade e saber como viver isso é extremamente importante e necessário! Mas conhecer a vontade específica de Deus para a sua vida permitirá ter uma vida plena, completa, onde de fato não importa se há problemas (já que todos passamos por eles), pois o Senhor está no controle, dando força para enfrentar e direção para sair do problema!

O salmista fala de quem o persegue sem causa, fala ainda sobre a falsidade e entendo que podemos unir esses dois, pontos. Afinal, perseguir sem causa pode ser fruto de uma mentira, de um engano, de uma interpretação errada, no mínimo. O salmista nos dá a dica e devemos, como ele, buscar no Senhor quando somos perseguidos sem causa e devemos, claro, abominar o erro, a mentira, buscando sempre a vontade do Senhor, meditar em Sua lei sempre. Claro que a mentira vai além da perseguição sem causa e devemos fugir disso, abominar completamente!

Quando o salmista fala sobre "louvar a Deus 7 vezes no dia", mostra seu tempo devocional. Era o momento que ele deixava tudo para buscar ao Senhor. Talvez não tenhamos como experimentar tantos momentos assim, mas não podemos descuidar dessa busca. Se tivéssemos mais tempo para tal, desfrutaríamos de maior intimidade com o Senhor e entenderíamos mais e mais Seu querer. Como não é possível ser dessa forma, ao menos não devemos descuidar dessa busca, diariamente! Isso garantiu ao salmista, que fala sobre ser perseguido injustamente, uma paz (165) que só pode experimentar quem busca a vontade do Senhor, mostrando que não é a ausência de problemas que demonstra uma vida no altar, mas a certeza do cuidado do Senhor, mesmo em meio a qualquer dificuldade. Essa busca que dá a certeza do cuidado do Senhor nos permite mais intimidade para a busca da santidade. Logo, não descuide de sua vida devocional, quer em momentos de dificuldade ou de tranquilidade. Busque sempre ao Senhor!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 04/04/10 por e-mail.