Deus responde orações!

26/03/2012

 

última parte

Tiago 5.16 - Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação.

Na últimas semanas meditamos sobre textos que mostram respostas de orações. Claro que temos na Bíblia muitos outros exemplos e não só na Bíblia, mas poderíamos citar exemplos em nossa vida ou testemunhos que ouvimos de outras pessoas.

O que aprendemos com esses textos que citamos? Que podemos esperar resposta para nossas orações, claro. Que muitos já oraram e tiveram respostas, desde coisas aparentemente muito simples, até mesmo diante de situações de solução sobrenatural.

Assim, não temos outra forma de encerrar esta série de meditações sobre o tema proposto sem dizer: vamos orar! Oremos por nossas necessidades. Apresentemos diante do Pai aquilo que nos incomoda.

Mas oremos uns pelos outros também. Vamos nos unir em oração. Há pessoas que estão tão fracas que acham que não sabem ou não conseguem nem mesmo orar! E nós precisamos nos ajudar, como seres humanos. Também em oração! Muitas vezes pensamos em ajudas sociais ou até mesmo na questão ecológica. Claro que isso tem o seu lugar e deve ser pensado e praticado!

Mas não podemos decuidar da oração. Muitas vezes, nos sentimos sem condições de ajudar uma pessoa e achamos que só podemos orar. SÓ?!?!?! Essa é a maior das atitudes! Não podemos descuidar daquilo que podemos fazer pessoalmente, mas não podemos fazer apenas por fazer. Antes de mais nada, a oração deve ser uma realidade, não como algo a mais, mas como a solução! E diante da solução da oração, se pudermos fazer algo mais, devemos fazer!

Oremos! Aguardemos no Senhor e estejamos prontos, pois pode ser que Ele use a gente mesmo para tal realização!
 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 26/03/12 por e-mail.