Somos chamados para anunciar e testemunhar

08/02/2012

 

Salmo 67

1 Deus se compadeça de nós e nos abençoe, e faça resplandecer o seu rosto sobre nós,
2 para que se conheça na terra o seu caminho e entre todas as nações a sua salvação.
3 Louvem-te, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos.
4 Alegrem-se e regozijem-se as nações, pois julgas os povos com equidade, e guias as nações sobre a terra.
5 Louvem-te, ó Deus, os povos; louvem os povos todos.
6 A terra tem produzido o seu fruto; e Deus, o nosso Deus, tem nos abençoado.
7 Deus nos tem abençoado; temam-no todas as extremidades da terra!


Esse é um salmo onde a autoria não está definida. Mas deve estar ligado ao ambiente do culto, talvez a um sacerdote, por conta de uma alusão clara a Bênção Sacerdotal, que encontramos em Números 6.22-27.

O versículo 2 deixa claro porque o salmista pede a graça do Senhor, a bênção e que o Seu rosto resplandeça sobre nós: para que as nações reconheçam o Senhor. É um salmo claramente missionário, que se preocupa com o anúncio da Salvação que há no Senhor. E algo que deve ser levado para as nações, mostrando que entre os judeus já havia quem entendia a questão da eleição como uma responsabilidade de ser essa nação a primeira a anunciar os feitos do Senhor, mas que isso deveria ser esparramado para as outras nações. Afinal, a aliança com Abraão era para que nele fossem benditas todas as famílias da terra e não apenas as famílias dos hebreus. (Cf. Gênesis 12.3).

O salmo segue deixando claro que as nações devem se alegrar no Senhor, prestar culto, louvar, engrandecer. Isso mostra claramente que a mensagem do Senhor deve ser anunciada! Se no Antigo Testamento, que havia muito forte a questão de povo escolhido, já havia essa preocupação, imagina em nossos dias! Nós devemos fazer o mesmo: anunciar aos outros a salvação que há em Jesus. Ele nos abençoa, nos alcança com a salvação e tantas outras bênçãos e nós devemos anunciar, testemunhar isso para os povos! Não apenas nos preocupando em ir para outros países, mas evangelizando a partir de nossa casa, rua, ambiente de estudo ou trabalho, amigos, padaria, farmácia..., enfim, indo por onde formos! Se formos para outros países, também, claro!

Que as nações possam conhecer e reconhecer o Senhor, que possamos anunciar a salvação por onde que tenhamos a chance de passar, através de palavras, mensagens, pregações, testemunhos, prática de vida... Quer tenhamos chamado missionário para ir para outros cantos do mundo ou até mesmo na nossa casa. Por onde quer que passemos, que possamos dar testemunho do Senhor e que, assim, pessoas possam reconhecer o Senhorio Dele e exaltar Seu Nome.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 08/02/12 por e-mail.