Oração

30/01/2012

 

Depois de tantas mensagens enviadas para o grupo, falando sobre oração, hoje vamos enviar apenas uma ilustração sobre o tema. Uma situação que parece ser verdadeira, e que pode nos ajudar tanto a entender que podemos orar e confiar, aguardar que o Senhor fará, não importando quanto tempo passe aos nossos olhos, e que a luz de Jesus deve sempre brilhar, em nossa vida, nossos testemunhos, pregações e por aí vai. Boa leitura!

Mateus 4.12-17

12 Ora, ouvindo Jesus que João fora entregue, retirou-se para a Galiléia;
13 e, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zabulom e Naftali;
14 para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías:
15 A terra de Zabulom e a terra de Naftali, o caminho do mar, além do Jordão, a Galiléia dos gentios,
16 o povo que estava sentado em trevas viu uma grande luz; sim, aos que estavam sentados na região da sombra da morte, a estes a luz raiou.
17 Desde então, começou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.


Em uma cabana nas montanhas da Suíça, morava uma família feliz: um casal e sete filhos. A vida era difícil para eles, havendo o perigo constante de avalanches destruidoras. Mas todos confiavam em Deus.

Certo dia, uma grande avalanche de neve cobriu a casa e sepultou os pais e as crianças. Em vez de se deixarem dominar pelo desespero, eles oraram a Deus para ajudá-los e livrá-los, se fosse sua vontade. Depois de cinco dias de trevas, a família aprisionada notou um pequeno ponto de claridade na janela. "A luz está aparecendo", gritaram todos. Para libertá-los, os bravos soldados suíços tinham cavado dia e noite.

Graças a Jesus o povo que jazia em trevas viu uma grande Luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz. Quando Jesus penetra nas trevas de nossa alma, estamos seguros e não carecemos temer o perigo e a morte. Para garantir nossa segurança espiritual, precisamos abrir nossos corações para que sua luz possa entrar.

Ruth Luchsnger (Suíça)
Coletânea de Ilustrações, Pr. Natanael de Barros Almeida, Edições Vida Nova.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 30/01/12 por e-mail.