Modelo de Oração

19/12/2011

 

8ª parte

e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino, o poder e a glória para sempre, Amém.] - Mateus 6.13

Hoje, vamos ficar apenas na primeira parte do versículo: e não nos deixes entrar em tentação.

Reptimos algo que escrevemos na semana passada: "vivemos num mundo onde as tentações acontecem. Ser tentado não é cometer pecado. Jesus foi tentando! O problema é cair na tentação, ceder ao desejo. E, mesmo buscando a vontade do Senhor, muitas vezes caimos nessa tentação".

No mundo em que vivemos, cheio de coisas boas e ruins (boas, por conta da criação que Deus viu que era bom e ruins, por conta do pecado), precisamos da orientação de Deus para seguir pelo melhor caminho. Podemos nos deparar com coisas que pareçam boas, que nem mesmo pareçam erradas! Mas, na verdade, existem armadilhas que se mostram diante de nós, como coisas boas, mas que são caminhos de morte e destruição.

Pedir que o Senhor não nos deixe cair, entrar em tentação, é pedir para nos ajudar a fazer as coisas certas, as escolhas corretas. Caimos em tentação quando fazemos a escolha errada! Quando fazemos algo deliberadamente errado e mal, ou algo que até parece um bom caminho, mas que os dias mostram o quanto ele é destrutivo.

Dessa forma, pensando especificamente neste texto (sem lembrar da ideia de que temos Advogado no Céu), estamos diante de duas realidades:

1) podemos cair em tentação! Podemos não resistir algo e cometer um erro;

2) podemos contar com o apoio do Senhor para fugir disso! Ele pode nos ajudar a acertar o caminho, a não cair, entrar em tentação. Ela estará diante de nós! Devemos decidir fazer o certo, contando com o apoio de Deus. O certo aos nossos olhos pode se revelar caminho de morte. Mas podemos contar com o Senhor para entendermos, discernirmos o melhor caminho.

Que o Senhor nos ajude a não entrar, cair na tentação!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 19/12/11 por e-mail.