Depois do questionamento... a solução

08/12/2011


Esdras 6.13-15


13 Então Tatenai, o governador a oeste do Rio, Setar-Bozenai, e os seus companheiros executaram com toda a diligência o que mandara o rei Dario.
14 Assim, os anciãos dos judeus iam edificando e prosperando pela profecia de Ageu, o profeta, e de Zacarias, filho de Ido. Edificaram e acabaram a casa de acordo com o mandado do Deus de Israel, e de acordo com o decreto de Ciro, e de Dario, e de Artaxerxes, rei da Pérsia.
15 E acabou-se esta casa no terceiro dia do mês de Adar, no sexto ano do reinado do rei Dario.


Imagino que a obra poderia ter demorado ainda mais. Seguia num ritmo de reconstrução, onde algumas coisas eram feitas mais rapidamente, para comodidade e segurança, mas outras esperavam o melhor momento. Havia uma prioridade, mas que não levava em conta a pressa na reconstrução do Templo. Na profecia de Ageu vemos que a reconstrução do Templo demorou muito mais do que deveria.

Com isso, imagino que a construção seguiu muito mais rápida, depois do questionamento daqueles que queriam, na verdade, ver se tinham como parar a obra de vez. Ela seguia, mas num ritmo calmo. E houve resistência, até o ponto de se questionar diretamente ao rei. Mas depois disso, verificada a veracidade da ordem de reconstrução, não apenas aqueles que já estavam trabalhando nela se ocuparam de tal trabalho, mas outros acabaram se envolvendo para que a obra pudesse ser terminada.

Se havia quem queria questionar se devia ou não acontecer aquele trabalho, se o intento era acabar com aquela reconstrução, quando resolveram questionar ao rei, na verdade o Senhor transformou o que parecia algo que poderia ser ruim em algo muito bom! Então, mesmo diante da adversidade, do questionamento, do desânimo até mesmo por parte de quem deveria ajudar, animando: Não desanime! Continue realizando a obra que você deve realizar. Busque a cada dia agir da forma certa, lutando contra o erro, deixando de lado aquilo que vai contra a vontade do Senhor. E não pense que deve deixar apenas aquilo que parece errado, aquilo que muitas pessoas até entendem como errado! Se houver algo em sua vida, ainda que pareça certo, mas que não é para você, é hora de deixar! Fazer a vontade do Senhor vai além de fazer o certo, já comentei em algumas mensagens anteriores! Nunca se pensará que é errado alguém ser missionário, mas pode ser que a vontade de Deus não seja exatamente essa para aquela pessoa! E a cada luta, a cada questionamento, a cada dificuldade, olhe para o que você está fazendo. Está seguindo a vontade do Senhor? Então, siga em frente! E deixe Ele mesmo cuidar de cada dificuldade.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 08/12/11 por e-mail.