Na caminhada... onde chegar...

06/12/2011

 

Atos dos Apóstolos 20.13-16

13 Nós, porém, tomando a dianteira e embarcando, navegamos para Assôs, onde devíamos receber a Paulo, porque ele, havendo de ir por terra, assim o ordenara.
14 E, logo que nos alcançou em Assôs, recebemo-lo a bordo e fomos a Mitilene;
15 e navegando dali, chegamos no dia imediato defronte de Quios, no outro aportamos a Samos e chegamos, no dia seguinte, a Mileto.
16 Porque Paulo havia determinado passar ao largo de Éfeso, para não se demorar na Ásia; pois se apressava para estar em Jerusalém no dia de Pentecostes, se lhe fosse possível.

Os estudiosos entendem que a viagem por terra seria mais rápida. Então, Paulo teria ficado mais um pouco, enquanto os outros integrantes da comitiva foram de barco. Mas para logo se encontrarem, pois a viagem ainda seguia.

Era necessário passar em cada lugar. Havia o que fazer, com quem falar, quem instruir ou fortalecer, ajudar... Mesmo que fosse uma passada rápida, ainda assim Paulo estava no seu caminho, fazendo a obra, desempenhando seu trabalho. Ele queria, se fosse possível, chegar em Jerusalém até a comemoração do Pentecostes, por isso a viagem tinha que ser de "passadinha rápida", mas mesmo assim, ele fazia, não se omitia ao trabalho. E se ele queria ir para Jerusalém, mas passava em cada lugar, algo havia o que fazer, mesmo que não seja citado. Se não fosse assim, bastava citar que estava indo para Jerusalém, entendo...

Há coisas que podem parecer pequenas aos nossos olhos e podem nem mesmo receber citação. Pode parecer que estamos fazendo pouco. Mas se nos dedicamos dentro dos limites, ainda que pareça pouco, terá sua importância e quem puder acompanhar poderá achar que foi muito valioso, mesmo que aos nossos olhos tenhamos feito com pressa e só "rapidinho", chegando até mesmo a passar no nosso pensamento se valia mesmo a pena fazer, por parecer tão pequeno, tão pouco. Não deixe esse tipo de pensamento tirar de você a realização de algo em o Nome do Senhor. Ainda que pareça pouco, ainda que pareça pequeno, não deixe de realizar, mesmo que rapidamente, pois o Senhor tem Seus planos e mesmo que pareça pouco, se for a vontade do Senhor, terá sido o necessário e ideal para algum propósito!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 06/12/11 por e-mail.