Cuidando de todos os detalhes

01/11/2011

 

Atos dos Apóstolos 19.21-22

21 Cumpridas estas coisas, Paulo propôs, em seu espírito, ir a Jerusalém, passando pela Macedônia e pela Acaia, porque dizia: Depois de haver estado ali, é-me necessário ver também Roma.
22 E, enviando à Macedônia dois dos que o auxiliavam, Timóteo e Erasto, ficou ele por algum tempo na Ásia.

Paulo nos mostra um exemplo de cuidado com as coisas do trabalho do Senhor. Ele buscava orientação e executava cada atividade que era necessária para o avanço missionário, para a pregação para novas conversões, mas não descuidava do cuidado com os que já estavam no caminho do Evangelho. Era necessário buscar novos convertidos, mas era necessário cuidar de cada um dos já convertidos, capacitando para a Obra.

Muitos se preocupam com novas conversões. Outros, com "numerosa multidão" a cada atividade. E pelo que notamos em Paulo, a preocupação era com o avanço da Obra, quer fosse capacitando, quer fosse buscando novos convertidos. A preocupação primeira não era com números ou com um grupo em especial. Claro que quem faz a Obra espera que muitas pessoas venham a se converter. Mas a preocupação não deve nunca ser com o número e sim com a "qualidade" desse grupo. Pessoas capacitadas de forma profunda no conhecimento do Evangelho irão, naturalmente, testemunhar e avançar o trabalho.

Em alguns momentos no livro de Atos vemos que Paulo se "demorou", "permaneceu um tempo", em algum lugar. Hoje em dia queremos resultados "imediatos", mas no Evangelho não é necessariamente assim! O Senhor poderá até fazer tal, mas o exemplo que temos mostra que é necessário se dedicar ao trabalho com afinco e carinho.

Que possamos aprender a buscar a vontade do Senhor para cada atividade que tenhamos que desempenhar. E com isso, que possamos saber esperar o tempo do Senhor para que o trabalho possa ter frutos de acordo com o querer o Senhor. Que não nos preocupemos necessariamente com multidão ou com um grupo específico, mas que deixemos o Senhor agir em nós e através de nós na atividade de cada dia.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 01/11/11 por e-mail.