O que precisamos observar na oração?

17/10/2011

 

Oramos e aguardamos que algo aconteça. Sempre que oramos, no mínimo, queremos sentir a presença do Senhor, sentir um aconchego, uma paz, quando não aguardamos uma resposta a respeito de uma inquietação.

Durante cinco semanas escrevi sobre alguns aspectos que devemos observar para que nossa oração seja atendida.

Continuo insistindo: o que escrevemos não está em ordem de importância (até porque não vemos ordem de importância nestas observações), mas são pontos que devemos observar em nossas orações.

Iniciamos um novo momento dentro do desenvolvimento da mesma mensagem, agora escrevendo algumas atitudes que podem nos atrapalhar em nossas orações. Já escrevemos:

1) sobre a necessidade de sermos sinceros diante do Senhor em nossa oração, não fazendo isso apenas para mostrar para outros aparência de espiritualidade;

2) sobre a necessidade de tomarmos cuidado em sermos objetivos em nossas orações, para que as mesmas não sejam grandes demais, não no sentido de longos períodos de oração, mas no sentido de usar as palavras realmente necessárias e não apenas bonitas para impressionar.

Hoje, escrevemos sobre outro ponto que pode atrapalhar no processo de nossa oração e sua resposta:

Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para que não possa ouvir; mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça - Isaías 59.1-2

Pecado. Algo que nos separa de Deus. Ele nos ama e proporcionou a forma de sermos justificados pela fé: Jesus Cristo. Nele, temos o perdão de nossos pecados, pois Ele derramou Seu sangue por isso.

Quando estamos em pecado, não podemos esperar a resposta de Deus! Ele proporcionou a forma para estarmos limpos diante da Sua presença e nos auxilia na vida de Santidade com o Espírito Santo. Logo, não devemos andar em pecado. Estando em pecado, em desacordo com o que a Bíblia diz, não podemos esperar resposta para nossas orações. Soberano, o Senhor pode até responder. Mas o que a Bíblia nos revela é que o Senhor quer que deixemos a prática do pecado e vivamos dentro do padrão de santidade.

Há algum erro em sua vida? Não pense que porque é bom que o Senhor deixará de lado. O que o Senhor quer que queiramos como bom não é aquilo que temos como bom aos nossos olhos, mas aos olhos Dele! Deixe o erro, o pecado, e aí você verá coisas grandiosas da parte de Deus. Claro, isso se você está vivendo algo errado em sua vida. Se não está, esta mensagem serve apenas para lembrar você que se você estiver em pecado, tiver cometido algum pecado e ainda não tiver apresentado sua confissão ao Senhor, em algum momento, lembre-se que sua oração poderá não ser respondida. O Senhor nos chama para uma vida de santidade. E nos recebe quando nos apresentamos arrependidos de nosso erro.

Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. - 2 Crônicas 7.14.

Continuaremos escrevendo sobre o assunto, se assim nos permitir o Senhor.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 17/10/11 por e-mail.