Somos chamados para viver as promessas do Senhor

07/09/2011



Esforça-te, e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria - Josué 1.6

O livro começa pouco antes da entrada de Israel em Canaã. Politicamente, Canaã se dividia em várias cidades-estados, cada uma com seu governo autocrático e todas hostis umas com as outras. Moralmente, as pessoas eram depravadas; a anarquia e a brutalidade eram comuns. A religião Cananéia enfatizava a fertilidade e o sexo, adoração da serpente e o sacrifício de crianças. O cenário estava estabelecido e a terra propícia para a conquista.

Em contrapartida, o povo de Israel tinha vivido em servidão aos Faraós egípcios e depois ficou perambulando no deserto por aproximadamente quarenta anos. Entretanto, embora imperfeitamente, continuavam fiéis ao único e verdadeiro Deus e se apegavam à promessa que Ele tinha feito ao antepassado deles, Abraão. Séculos antes, Deus havia prometido transformar Abraão e seus descendentes em uma grande nação e dar-lhes Canaã como pátria sob a condição de que eles continuassem fiéis e obedientes a Ele (Gênesis 12 e 17). Agora, eles estavam prestes a vivenciar o cumprimento dessa promessa.

Nós temos muitas vezes que vivenciar situações parecidas: os povos do mundo estão vivendo em desagrado com as coisas do Senhor, nós mesmos temos que tomar cuidado para não nos acostumarmos com algo errado e acabarmos vivenciando, temos promessas da parte do Senhor e vemos muitas dificuldade para viver esse cumprimento... e por aí vai. No entanto, sabemos da história: se seguirmos a vontade do Senhor, vamos experimentar o melhor Dele para nossa vida, independente do quanto pareça difícil ou complicado. Creia nas promessas do Senhor e viva sua vida de acordo com a vontade Dele. E, claro, aguarde o cumprimento da promessa do Senhor!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor



Esta meditação foi enviada em 07/09/11 por e-mail.