O que precisamos observar na oração?

05/09/2011

 

Oramos e aguardamos que algo aconteça. Sempre que oramos, no mínimo, queremos sentir a presença do Senhor, sentir um aconchego, uma paz, quando não aguardamos uma resposta a respeito de uma inquietação.

Na semana passada, começamos a escrever sobre algo que precisamos observar quando oramos. Nossa primeira observação foi que quando oramos, devemos aguardar que o Senhor manifeste a vontade Dele e não a nossa!

Hoje, podemos citar alguns textos para exemplificar esse segundo ponto que vamos escrever. Não estão em ordem de importância, mas são pontos que devemos observar em nossas orações.

E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei - João 14.13 e 14

Vós não me escolhestes a mim mas eu vos escolhi a vós, e vos designei, para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. - João 15.16

Naquele dia nada me perguntareis. Em verdade, em verdade vos digo que tudo quanto pedirdes ao Pai, ele vo-lo concederá em meu nome. - João 16.23

E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. - Colossenses 3.17


Nossa oração deve ser feita em nome de Jesus. Não oramos em nome de qualquer um ou em nome de ninguém, quando aguardamos a atuação do Senhor. Nossa oração deve ser feita em nome de Jesus. Não há outra forma de aguardarmos a atuação do Senhor. Só podemos realmente esperar que o Senhor atue quando oramos em nome de Jesus.

A Bíblia revela isso. O Senhor Jesus declarou!

Só assim podemos ver nossa oração atendida. Aguardando que o Senhor faça a Sua vontade e orando em nome de Jesus. Não apenas para encerrar a oração, mas um bom momento para declarar é esse. Na maioria das vezes terminamos a oração assim, mas podemos declarar que oramos em nome de Jesus em outros momento da oração.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 05/09/11 por e-mail.