A oração na vida daquele que crê

27/06/2011

 

1ª parte

Nas próximas três semanas, permitindo o Senhor, as meditações nas segundas-feiras vão seguir o tema acima apresentado.

A Bíblia nos recomenda que oremos:

"Orai e vigiai". – Mateus 26.41; Marcos 13.33 e 14.38
"Orai sem cessar". – 1 Tessalonicenses 5.17

A ORAÇÃO É NOSSA MARCA:

Jesus Cristo, que é nosso exemplo, viveu uma vida de oração:

De madrugada – Marcos 1.35.
No Getsêmani – Mateus 26.3; Marcos 14.32

A Igreja Primitiva orou:

Atos 1.14 e 2.43
Estevão – Atos 7.60.
Saulo – Atos 9:11.


Mais alguns exemplos de homens de fé que se preocuparam com a vida de oração:

Martinho Lutero: Dele escreveu certo colega: "Cada manhã ele precede seus estudos com uma visita à Igreja e uma prece a Deus".

Jonathas Edward: "Costumava passar treze horas estudando e orando todos os dias".

João Wesley: "Considerava a oração a coisa mais importante de sua vida – levantava-se religiosamente todos os dias às 4 horas da manhã". Faleceu com 86 anos.

Jorge Whitefield: Pregador escocês do século XVIII, assim dividia o seu tempo: 8 horas sozinho com Deus; 8 horas para dormir e refeições; 8 horas para trabalho entre o povo.

Continua na próxima semana, permitindo o Senhor.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 27/06/11 por e-mail.