O "Silêncio" de Deus. Silêncio?!

13/06/2011

 

última parte

Como pudemos notar, esse tempo em que aos nossos ouvidos e olhos parece ser o tempo de “silêncio de Deus”, não é tão silencioso assim. Se fosse tão “silencioso”, não haveria como aprendermos tantas coisas. Logo, mesmo quando parece que o Senhor está em silêncio, demorando a nos atender, Ele está falando, ensinando, mostrando, dando forças. E mesmo que fique totalmente quieto, é para nos ensinar a buscar com mais intensidade e melhor, quer seja para termos mais intimidade com Ele, quer seja para entendermos que o que realmente precisamos é algo diferente do que pensamos num primeiro momento. 

Devemos confiar no Senhor para resolver nossas inquietações e temores, sempre! Nele temos refúgio e apoio. No texto que motivou estas mensagens durante estas semanas nós vemos claramente que quando Lázaro fica doente, a sua família vai procurar Jesus (João 11.3). E essa deve ser nossa atitude, em todas as áreas de nossa vida, não apenas quando com problemas ou dificuldades, mas também em momentos assim. Devemos buscar ao Senhor em todo o tempo! 

Não deixe a ansiedade tomar conta de você. Não fique preocupado diante de uma necessidade. Apresente ao Senhor a enfermidade. Em qualquer circunstância, busque ao Senhor! Não fique remoendo sua dificuldade. Deixe diante do Senhor e confie, pois Ele vai agir. Não importa quanto tempo passe. A resposta do Senhor virá, pode ter certeza. Ou com a solução da forma como você espera ou de alguma outra forma. Aos nossos olhos poderá até parecer que Ele demorou ou que não respondeu. Mas com o correr dos dias vamos entender que o Senhor respondeu, na melhor hora e da melhor maneira possível!

Filipenses 4.4-8

4 Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai- vos.
5 Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor.
6 Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças;
7 e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.
8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

 
Definitivamente não há impossíveis para Deus! Ele criou todas as coisas. E quem fez o que existe, sabe como acertar o que é necessário ser acertado e da melhor forma possível, as vezes do mesmo jeito que achamos ser a melhor forma, as vezes de forma diferente. Confie! Ainda que as dificuldades sejam muitas e pareça que o Senhor não está dando atenção, a certeza de que Ele vai agir vai te confortar. E essa confiança fará com que essa paz que está além do entendimento humano esteja realmente em você. Todos podem pensar que não há motivo para você estar bem ou em paz diante das dificuldades. Mas o Senhor te dará a certeza que você tem motivos de sobra para estar bem e com paz em seu coração, mesmo passando pela dificuldade, até porque na melhor hora o Senhor vai agir da melhor maneira e dará a libertação! Quer seja mudando a história, quer seja fazendo você entender o quanto foi melhor o jeito que Ele agiu. 

Apresente a sua dificuldade ao Senhor. E ainda que pareça que Ele demora atender ou até mesmo nem está dando atenção ao seu pedido, Ele está no controle. Confie e aguarde. Com essa disposição (confiar e aguardar) você sempre verá o melhor de Deus pra você!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 13/06/11 por e-mail.