O Engano do Fazendeiro

20/05/2011

 

Do site: hermeneutica.com

Um fazendeiro que plantava melancia percebeu que estava perdendo boa parte de sua safra para ladrões. De noite os ladrões levavam as melhores melancias. O fazendeiro desesperado resolveu colocar uma placa na plantação.

O aviso tinha uma caveira e dizia “Uma destas melancias está envenenada.” Só o fazendeiro sabia que não era verdade.

Por duas noites, nenhuma melancia desapareceu da plantação do fazendeiro. Satisfeito, ele pensou que havia enganado os ladrões. Mas, no terceiro dia, o fazendeiro notou que sua placa havia sido alterada. Alguém riscou a palavra “Uma” e pintou em cima a palavra “Duas”, alterando as outras palavras de modo que a placa agora dizia “Duas destas melancias estão envenenadas.”

Pensando em salvar sua safra pelo engano, o fazendeiro perdeu tudo. Isso serve para provar o ditado do Senhor Walter Scott “Em que teia nos enrolamos, quando outros enganamos!”

- Green, Michael P., editor Illustrations for Biblical Preaching, (Ilustrações Para Pregação Bíblica) Grand Rapids: Baker Book House, 1989.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 20/05/11 por e-mail.