Salmo 148

02/12/2010

 

1 Louvai ao Senhor! Louvai ao Senhor desde o céu, louvai-o nas alturas!
2 Louvai-o, todos os seus anjos; louvai-o, todas as suas hostes!
3 Louvai-o, sol e lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes!
4 Louvai-o, céus dos céus, e as águas que estão sobre os céus!
5 Louvem eles o nome do Senhor; pois ele deu ordem, e logo foram criados.
6 Também ele os estabeleceu para todo sempre; e lhes fixou um limite que nenhum deles ultrapassará.
7 Louvai ao Senhor da terra, vós, monstros marinhos e todos os abismos;
8 fogo e saraiva, neve e vapor; vento tempestuoso que escuta a sua palavra;
9 montes e todos os outeiros; árvores frutíferas e todos os cedros;
10 feras e todo o gado; répteis e aves voadoras;
11 reis da terra e todos os povos; príncipes e todos os juízes da terra;
12 mancebos e donzelas; velhos e crianças!
13 Louvem eles o nome do Senhor, pois só o seu nome é excelso; a sua glória é acima da terra e do céu.
14 Ele também exalta o poder do seu povo, o louvor de todos os seus santos, dos filhos de Israel, um povo que lhe é chegado. Louvai ao Senhor!


Louvai ao Senhor. Toda a criação. Pois o Senhor deu ordem e tudo foi feito. Os limites foram estabelecidos, as leis do universo foram colocadas em prática por conta da ordem criadora do Senhor. Quantas vezes nos vemos no meio das dificuldades e deixamos de louvar. O salmista nos chama a louvar ao Senhor.

Há muitos motivos para declaramos nossa gratidão e nosso louvor ao Senhor. Mesmo no meio das dificuldades. Mas sempre nos lembramos de orar quando elas aparecem, e deixamos de lado o agradecimento, o louvor, com muita facilidade. Precisamos tomar cuidado e lembrar de louvar!

O Senhor criou todas as coisas e é digno de louvor. Cuida de cada uma das coisas da criação e por isso é digno de louvor. Cuida de nós, em nossas dificuldades e até mesmo quando nem sabemos que Ele nos livrou de algo, por isso Ele é digno de louvor. Porque é Senhor e é digno de louvor. Podemos ampliar essa lista, e sempre iremos terminar com a certeza que o Senhor é digno de louvor. Por isso: Louve ao Senhor!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 02/12/10 por e-mail.