Salmo 146

18/11/2010

 

1 Louvai ao Senhor. Ó minha alma, louva ao Senhor.
2 Louvarei ao Senhor durante a minha vida; cantarei louvores ao meu Deus enquanto viver.
3 Não confieis em príncipes, nem em filho de homem, em quem não há auxílio.
4 Sai-lhe o espírito, e ele volta para a terra; naquele mesmo dia, perecem os seus pensamentos.
5 Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacó por seu auxílio, e cuja esperança está no Senhor, seu Deus,
6 que fez os céus e a terra, o mar e tudo quanto neles há, e que guarda a verdade para sempre;
7 que faz justiça aos oprimidos, que dá pão aos famintos. O Senhor solta os encarcerados;
8 o Senhor abre os olhos aos cegos; o Senhor levanta os abatidos; o Senhor ama os justos.
9 O Senhor preserva os peregrinos; ampara o órfão e a viúva; mas transtorna o caminho dos ímpios.
10 O Senhor reinará eternamente; o teu Deus, ó Sião, reinará por todas as gerações. Louvai ao Senhor!


O salmista deixa claro em quem devemos depositar nossa confiança: No Senhor. Não devemos confiar em pessoas, seres humanos, que podem falhar ou até mesmo morrer sem conseguir cumprir o que prometeram. Não quer dizer que não devemos ajudar pessoas nem mesmo que seja errado aguardar isso de alguém. Mas não podemos achar que essa pessoa fará por conta própria nem devemos acha que nós podemos fazer algo por nossas forças. Precisamos, como seres humanos, nos permitir a disposição para fazer a vontade do Senhor e, querendo Ele, ajudarmos o próximo ou sermos ajudados por outras pessoas. Não é errado esperar que alguém nos faça algo, ou que façamos algo por alguém. O errado é achar que podemos fazer por nossa própria força ou que não precisamos buscar no Senhor porque temos uma pessoa que pode nos ajudar. Mesmo que alguém o faça, quem vai cuidar de nós é o Senhor através de quem realize alguma ação!

O salmista cita vários aspectos da vida social de seus dias que demandavam cuidados especiais e se não houvesse esse cuidado, quem vivia tais situações podia perecer. E ele cita que o Senhor cuida de todos os casos. Para nós, hoje, fica esse testemunho e essa certeza; por mais complicada que seja uma situação, se vivemos debaixo da vontade do Senhor e Nele esperamos, podemos contar com Seu cuidado e direção para vivermos o melhor! Não quer dizer que não passamos por problemas, mas até mesmo quando esses acontecem, do Senhor vem o cuidado, de forma sobrenatural ou até mesmo permitindo que outra pessoa nos ajude. De qualquer forma, o apoio e cuidado vem do Senhor.

Quando o Senhor permitir que pessoas nos ajudem e essas realmente o façam, claro que devemos agradecer a essas pessoas. Mas não podemos apenas achar que foi por simples vontade e força delas! Precisamos também agradecer ao Senhor. Não louvamos ao Senhor apenas quando algo acontece de forma sobrenatural, de forma inexplicável sem a interferêcia divina. Louvamos e agradecemos ao Senhor nesses momentos, mas também quando Ele age no correr da história, usando pessoas ou situações para nos ajudar. Assim, em todo o tempo, Louve ao Senhor!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 18/11/10 por e-mail.