Salmo 144

28/10/2010

 

1 Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra;
2 meu refúgio e minha fortaleza, meu alto retiro e meu libertador, escudo meu, em quem me refugio; ele é quem me sujeita o meu povo.
3 Ó Senhor, que é o homem, para que tomes conhecimento dele, e o filho do homem, para que o consideres?
4 O homem é semelhante a um sopro; os seus dias são como a sombra que passa.
5 Abaixa, ó Senhor, o teu céu, e desce! Toca os montes, para que fumeguem!
6 Arremessa os teus raios, e dissipa-os; envia as tuas flechas, e desbarata-os!
7 Estende as tuas mãos desde o alto; livra-me, e arrebata-me das poderosas águas e da mão do estrangeiro,
8 cuja boca fala vaidade, e cuja mão direita é a destra da falsidade.
9 A ti, ó Deus, cantarei um cântico novo; com a harpa de dez cordas te cantarei louvores,
10 sim, a ti que dás a vitória aos reis, e que livras da espada maligna a teu servo Davi.
11 Livra-me e tira-me da mão do estrangeiro, cuja boca fala mentiras, e cuja mão direita é a destra da falsidade.
12 Sejam os nossos filhos, na sua mocidade, como plantas bem desenvolvidas, e as nossas filhas como pedras angulares lavradas, como as de um palácio.
13 Estejam repletos os nossos celeiros, fornecendo toda sorte de provisões; as nossas ovelhas produzam a milhares e a dezenas de milhares em nossos campos;
14 os nossos bois levem ricas cargas; e não haja assaltos, nem sortidas, nem clamores em nossas ruas!
15 Bem-aventurado o povo a quem assim sucede! Bem-aventurado o povo cujo Deus é o Senhor.

O Senhor cuida de nós em todos os momentos. Muitas vezes esperamos esse cuidado nos momentos de dificuldade, mas além de cuidar de nós em momentos assim, contamos com Seu cuidado em momentos de grande alegria! O Senhor está conosco em todos os momentos.

Este Salmo é uma linda oração. Uma oração que reconhece no Senhor as coisas e não no ser humano. Hoje em dia tenho a impressão que a pregação está muito centrada no ser humano. É claro que temos nossa importância, afinal Deus enviou Seu Filho para morrer em nosso lugar, para fazer o sacrifício, para o derramamento de sangue para o perdão! Logo, somos muito importantes, claro! Mas não mais importantes que Deus, a ponto de fazer com que Ele seja um "Gênio da Lâmpada" para nos atender em nossos desejos quaisquer que sejam...

E hoje em dia, muitos tratam Deus dessa forma e fazem pregações com base na Palavra para tal atitude, dizendo do compromisso do Senhor com Sua palavra, que é real, mas com Sua Palavra e não com o que se prega sobre ela. É claro que o Senhor atende nossas necessidades... é isso aí: o que realmente precisamos! E no mundo, passamos aflições, disse Jesus, que também disse que devemos ter bom ânimo. Não quer dizer que não temos problemas, quer dizer que o Senhor cuida de nós em todos os momentos. Não quer dizer que somos atendidos em tudo o que queremos, mas não iremos sentir falta de nada. Ainda que não tenhamos, não será algo que irá fazer falta! E o Senhor, que é Soberando na história, está do nosso lado nessa "batalha", quando buscamos o Seu querer. Assim, podemos confiar que nas lutas, teremos força e vitória. No momentos de tranquilidade, teremos a convicção do cuidado do Senhor para não ficarmos "autoconfiantes". Não por questão de ter ou não ter alta auto-estima, mas para não acharmos que somos fortes em nós mesmos! Confiamos no Senhor!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 28/10/10 por e-mail.