Mostre Cristo ao mundo

13/07/2010


Atos dos Apóstolos 11.19-26

19 Aqueles, pois, que foram dispersos pela tribulação suscitada por causa de Estêvão, passaram até a Fenícia, Chipre e Antioquia, não anunciando a ninguém a palavra, senão somente aos judeus.
20 Havia, porém, entre eles alguns cíprios e cirenenses, os quais, entrando em Antioquia, falaram também aos gregos, anunciando o Senhor Jesus.
21 E a mão do Senhor era com eles, e grande número creu e se converteu ao Senhor.
22 Chegou a notícia destas coisas aos ouvidos da igreja em Jerusalém; e enviaram Barnabé a Antioquia;
23 o qual, quando chegou e viu a graça de Deus, se alegrou, e exortava a todos a perseverarem no Senhor com firmeza de coração;
24 porque era homem de bem, e cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente se uniu ao Senhor.
25 Partiu, pois, Barnabé para Tarso, em busca de Saulo;
26 e tendo-o achado, o levou para Antioquia. E durante um ano inteiro reuniram-se naquela igreja e instruíram muita gente; e em Antioquia os discípulos pela primeira vez foram chamados cristãos.


Conntrariando o que muitos querem acreditar, de uma grande dificuldade o Senhor levantou algo maravilhoso: da perseguição depois da morte de Estevão, o Evangelho foi pregado para muitos. Muitos acreditam que as dificuldades se apresentam por conta de erros e pecados, não produzindo algo bom. Todos querem deixar de lado a dificuldade. Não vou pregar para que você queira viver em dificuldades! Mas nem sempre elas são completamente ruins! O Senhor pode fazer algo de muito bom desse processo. Logo, precisamos aprender a discernir essas coisas e deixar o Senhor operar quando for para realizar algo mesmo que da dificuldade.

O Evangelho segue sendo pregado, novas pessoas se aproximam da mensagem tanto para ouvir como para viver o ensinamento do Evangelho. O texto destaca Barnabé, que foi enviado para Antioquia para acompanhar a pregação que estava sendo realizada. Conta-nos o texto que ele nota a presença de Deus e exorta para que permaneçam firmes nesse caminho. Muitas vezes exortamos as pessoas quando estão no caminho errado e achamos que quem está no caminho correto não precisa ser observado. Mas o texto nos mostra que os primeiros cristãos também exortavam aqueles que estavam seguindo a mensagem do Evangelho para que continuassem nesse caminho. Logo, essa pode ser uma prática no nosso meio. Talvez algumas pessoas possam estranhar, mas devemos nos preocupar também com os que seguem o Evangelho e chamar todos para seguirem nesse caminho!

O texto revela o início da amizade e do "caminhar junto" de Paulo e Barnabé. Paulo ainda é chamado por Saulo neste momento! O início dessa caminhada se dá com Barnabé procurando por ele em Tarso e levando-o para Antioquia. Durante um ano caminham juntos no acompanhamento e na exortação dessa nova comunidade, que crescia em Antioquia. Sua notoriedade na história do Cristianismo é o fato de que foi ali que os discípulos começam a ser chamados de cristãos. Isso quer dizer que havia mesmo uma pregação do Evangelho de Cristo naquele local. As pessoas notavam claramente que aqueles pregadores falavam do Cristianismo e por isso os identificam como "cristãos". Que possamos, a cada dia, mostrar em nosso bairro e em nossa cidade que seguimos essa mesma mensagem e que vivemos assim, como cristãos. Que as pessoas realmente reconheçam Cristo em nós e através de nós!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 13/07/10 por e-mail.