Efeitos da Adoração

21/06/2010

 

Já escrevemos sobre a importância da adroação na vida do cristão, como viver essa vida de adorador e os requisitos para isso. Hoje, escrevemos sobre os benefícios da adoração:

1 - Renovação: "Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" - Romanos 12.1-2 - Quando vivemos na presença de Deus, temos nossa visão do mundo mudada. Não quer dizer que fechamos os olhos para as coisas que acontecem, mas vivemos de forma a agradar a Deus e, mesmo notando o que é errado, fugimos disso!

2 - Comunhão e Alegria: "O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida (pois a vida foi manifestada, e nós a temos visto, e dela testificamos, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e a nós foi manifestada); sim, o que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que vós também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo. Estas coisas vos escrevemos para que o nosso gozo seja completo" - 1 João 1.1-4– a adoração nos aproxima de Deus e das pessoas. Podemos viver a verdadeira comunhão. E sem perder a alegria!

3 - Evangelização e Discipulado: É claro que quando buscamos ao Senhor, evangelizamos naturalmente. Atos dos Apóstolos revela que o Senhor ia acrescentando aqueles que iam sendo salvos. Alguma coisa na vida daqueles primeiros cristãos (o Espírito Santo) chamava a atenção das pessoas e cada um podia, assim, ser tocado pela mensagem e transformado! Ao adorarmos, iremos tanto evangelizar pelo exemplo como pelo chamado ao Evangelismo e ao Discipulado (Mateus 28.18-20).

Estes são apenas alguns aspectos, mas servem como ponto de partida para pensarmos sobre os benefícios de se viver uma vida de adorador.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

 

Esta meditação foi enviada em 21/06/10 por e-mail.