Obedecer para ser encontrado!

01/06/2010


Atos dos Apóstolos 10.1-8

1 Um homem em Cesaréia, por nome Cornélio, centurião da corte chamada italiana,
2 piedoso e temente a Deus com toda a sua casa, e que fazia muitas esmolas ao povo e de contínuo orava a Deus,
3 cerca da hora nona do dia, viu claramente em visão um anjo de Deus, que se dirigia para ele e lhe dizia: Cornélio!
4 Este, fitando nele os olhos e atemorizado, perguntou: Que é, Senhor? O anjo respondeu-lhe: As tuas orações e as tuas esmolas têm subido para memória diante de Deus;
5 agora, pois, envia homens a Jope e manda chamar a Simão, que tem por sobrenome Pedro;
6 este se acha hospedado com um certo Simão, curtidor, cuja casa fica à beira-mar.
7 Logo que se retirou o anjo que lhe falava, Cornélio chamou dois dos seus domésticos e um piedoso soldado dos que estavam a seu serviço;
8 e, havendo contado tudo, os enviou a Jope.


A mensagem continua sendo pregada. Muitos ouvem, aceitam, mudam de atitude. Alguns, que tinham o cristianismo como algo errado dentro do judaísmo, acabam por seguir no caminho da conversão e passam a aceitar a mensagem. Havia algo diferente no meio desses cristãos, desses que falavam em Nome de Jesus, mesmo que houvesse prisão ou perseguição. Até quem perseguia acabava se convertendo! Milagres acompanhavam a pregação. Havia algo diferente!

No texto de hoje vemos uma pessoa que tinha uma vida íntegra e que se preocupava com o próximo: Cornélio. Ele não era judeu! Era gentio. Mas vivia de forma diferente, buscando agradar a Deus. E em visão, entende que sua oração foi atendida e que sua ajuda também foi notada. Muitos querem que sua espiritualidade e sua capacidade de ajudar o próximo seja notada. Mas Deus nota realmente quando as pessoas fazem isso sem se preocupar com reconhecimentos ou notoriedade. Esses que fazem, independente do que seja "devolvido" experimentam o maior reconhecimento: o do Senhor!

Na visão, Cornélio é instruído a enviar pessoas que busquem Pedro. São apresentados os detalhes e Cornélio se apressa em cumprir com o que é dito a ele na visão. Ele queria algo mais da parte de Deus e sabia que era necessário seguir em obediência para experimentar o melhor do Senhor.

Como era no caso de Saulo, era estratégica esta conversão. Mais um que tinha determinado poder e que seu testemunho poderia impactar muitas pessoas. Parece, assim, que sempre que alguém com mais destaque se converte, a mensagem do Evangelho pode ter uma ampliação em sua divulgação, correto? Em caso de conversão, pode ser. Mas quando é apenas um movimento político, onde se vê no "mercado evangélico" a chance de mais divulgação e de fidelizar clientes, o resultado terá o efeito contrário. E não necessariamente uma pessoa com mais projeção poderá dar testemunho para impactar mais vidas. O Senhor pode usar os meios mais variados. Mas nesse momento, o Senhor encontrou pessoas que seriam "peças chave" no processo de divulgação do Evangelho, pensando no ponto de vista da divulgação e da posição. Mas tenha em mente que todos os que se convertem são "peças chave" para a divulgação da mensagem em algum lugar ou para alguém!

Um judeu influente já tinha se convertido e um gentio influente já vivia de tal forma que foi encontrado pelo Senhor. E ele será peça chave para uma outra conversa no meio do cristianismo nascente: judaísmo cristão ou cristianismo, não importa a descendência? O Senhor usa essa conversão de Cornélio para atingir pessoas ao seu redor e para dar o tom para o cristianismo nascente. Mas veremos isso nas próximas semanas! O que importa ficar registrado é: obediência! Obedecer ao Senhor é necessário para que Ele se revele a você e permita que sua vida seja transformada, além de permitir que outras pessoas possam conhecer o Evangelho através do seu testemunho de vida!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 01/06/10 por e-mail.