Somos chamados para nos alegrar com o Dia do Senhor

05/05/2010

 

Sofonias 3.12-15

12 Mas deixarei no meio de ti um povo humilde e pobre; e eles confiarão no nome do Senhor.
13 O remanescente de Israel não cometerá iniqüidade, nem proferirá mentira e na sua boca não se achará língua enganosa; pois serão apascentados, se deitarão e não haverá quem os espante.
14 Canta alegremente, ó filha de Sião; rejubila, ó Israel; regozija-te, e exulta de todo o coração, ó filha de Jerusalém.
15 O Senhor afastou os juízos que havia contra ti, lançou fora o teu inimigo; o Rei de Israel, o Senhor, está no meio de ti; não temerás daqui em diante mal algum.


Alguns se assustam quando fazem leituras de textos que falam sobre o Dia do Senhor. Afinal, mostra destruição, problemas, catástrofes, as coisas mais loucas que podem ser imaginadas pela mente humana. E esses textos, se lidos sem o conhecimento do que realmente dizem, pode assustar mesmo num primeiro momento e essa impressão pode demorar a ser desfeita.

Mas nós somos chamados a nos alegrar com o Dia do Senhor. O texto de hoje nos mostra o que compete a quem busca ao Senhor. Não fala de catástrofes, problemas, ou o que quer que seja. As coisas terríveis do Dia do Senhor são para as pessoas que não seguem a orientação do Senhor, para aqueles que deixam de cumprir o querer do Senhor, para quem não busca uma vida de santidade.

Mas quem busca a vontade do Senhor, deve se alegrar com a proximidade do Dia do Senhor. Aliás, devemos clamar: MARANATA! Ora vem, Senhor JESUS! Afinal, sabemos que esse dia não irá nos trazer dor ou sofrimento. Muito pelo contrário! É o Dia da vitória do Senhor. Quem deve temer esse dia é quem não quer buscar ao Senhor, mas quem busca, deve esperar. Afinal, não somos destinados para a ira. E alguns enfrentarão isso por fugir da vontade do Senhor. Mas quem busca a vontade de Deus, irá viver com o Senhor. A alegria de ver o Senhor e saber que Ele nos tirará do sofrimento, que é esse o nosso caminho e não a dor nesse Dia do Senhor, deve nos levar a esperar e clamar pela volta do Senhor. O versículo 14 resume isso! E o versículo 15 mostra que a ira e destruição não é para quem busca o querer de Deus no Dia do Senhor! Nos alegremos e aguardemos o Dia do Senhor!


Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 05/05/10 por e-mail.