Não espere

30/04/2010

 

Autoria desconhecida

Não espere...
Não espere um sorriso para ser gentil,
Não espere ser amado para amar,
Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de um amigo,
Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante em sua vida,
Não espere o melhor emprego, para começar a trabalhar,
Não espere a queda para lembrar-se do conselho,

Não espere...
Não espere a enfermidade para reconhecer quão frágil é a vida,
Não espere a pessoa perfeita para então se apaixonar,
Não espere a mágoa para pedir perdão,
Não espere a separação para buscar a reconciliação,
Não espere a dor para acreditar em oração,
Não espere elogios para acreditar em si mesmo,

Não espere...
Não espere ter tempo para servir,
Não espere que o outro tome a iniciativa se você foi o culpado,
Não espere o "EU TAMBÉM" para dizer o "EU TE AMO",
Não espere ter dinheiro aos montes para então contribuir,
Não espere o dia de sua morte sem antes AMAR A VIDA!!!
 

Eclesiastes 3.1-8
 

1 Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.
2 Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
3 tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derribar, e tempo de edificar;
4 tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
5 tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de abster-se de abraçar;
6 tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora;
7 tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
8 tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 30/04/10 por e-mail.