Somos chamados para aguardar o Dia do Senhor

17/03/2010

 

Obadias 15-21

15 Porque o Dia do Senhor está perto, sobre todas as nações, como tu fizeste, assim se fará contigo; o teu feito tornará sobre a tua cabeça.
16 Pois como vós bebestes no meu santo monte, assim beberão de contínuo todas as nações; sim, beberão e sorverão, e serão como se nunca tivessem sido.
17 Mas no monte de Sião haverá livramento, e ele será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades.
18 E a casa de Jacó será um fogo, e a casa de José uma chama, e a casa de Esaú restolho; aqueles se acenderão contra estes, e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú; porque o Senhor o disse.
19 Ora, os do Negebe possuirão o monte de Esaú, e os da planície, os filisteus; possuirão também os campos de Efraim, e os campos de Samaria; e Benjamim possuirá a Gileade.
20 Os cativos deste exército dos filhos de Israel possuirão os cananeus até Zarefate; e os cativos de Jerusalém, que estão em Sefarade, possuirão as cidades do Negebe.
21 Subirão salvadores ao monte Sião para julgarem o monte de Esaú; e o reino será do Senhor.


O profeta autor do livro do trecho acima citado, é conhecido somente como Obadias, que significa “servo/adorador de Jeová”. Nenhuma outra informação está disponível a respeito dele.

O livro nos leva a pensar que sua profecia está situada no período da destruição de Jerusalém, o que coloca a profecia de Obadias próximo (após) 586 a. C., já que esse foi o ano em que a cidade foi tomada pelos babilônios. Essa é uma opção, mas não há como dar certeza sobre o período do profeta, que pode ter profetizado em qualquer momento de 700 até 400 a. C.

Apesar de ser um livro pequeno, o seu texto é "gigante", pois trata da reprimenda a Edom, anunciando sua inevitável queda. Da sua posição de soberba e falsa segurança, Deus irá derribá-lo (vs 2-4). Além disso, no texto que separamos acima, fala sobre o Dia do Senhor (vs 15-21). É um livro gigante por tratar com esses assuntos, deixando claro que aqueles que se levantam contra o Senhor e Sua vontade podem enfrentar problemas logo. Além de falar sobre o Dia do Senhor, que é dia de alegria para aqueles que buscam o Seu querer e dia de pesar para quem anda contra a vontade do Senhor.

Não há como fugir: a Bíblia, durante anos, foi desacreditada, como foram os profetas logo ao proferir suas profecias. O ser humano caminha normalmente para o lado contrário das verdades eternas, achando que caminha a favor! Mas quando os profetas deram "seu recado" em seus dias, foram desacreditados. Muitos, anos depois, mesmo com o cumprimento de profecias, ainda tentavam fazer "releituras" das mesmas, tentando dar um outro caminho interpretativo. Ainda hoje, mesmo com tantas profecias cumpridas, ainda se tenda desacreditar o texto bíblico ou se tenta fazer "releituras" que vão contra a veracidade histórica de muitas profecias.

Mas, a falta de capacidade do ser humano em acreditar ou entender a profecia não anula a sua realidade. E vemos muitos outros sinais profetizados na Bíblia há muitos anos se cumprindo a cada dia. Basta ler o Sermão Profético de Mateus, por exemplo, e assistir ao jornal em qualquer emissora. Eu, pessoalmente, não tenho acompanhado os telejornais, mas o pouco que acompanho de mídia impressa e o muito que acompanho de notícias via internet me fazem imaginar como são os telejornais. E mesmo que eles não mostrem, leia algumas notícias em sites especializados em notícias na internet. No Compartilhando Na Web nós temos um Canal chamado Informe-se (http://www.informacao.compartilhandonaweb.com.br). Visite e clique em "Notícias" e escolha por lá um site de notícias para ler. Mas antes, leia o Sermão Profético de Jesus. Por exemplo, em Mateus 24.

Não acredite apenas em mim. Veja as notícias e compare com o que o Sermão Profético já advertia! Pode ser que em alguns momentos do dia a chamada das principais notícias não mostre algo, mas acredito, como tenho acompanhado, que em algum momento do dia a chamada principal trará algo que mostrará o cumprimento de algo que está no sermão profético de Mateus 24.

Mesmo assim, há quem não acredite nas profecias. Eu que acredito, incentivo você a acreditar também! Se você acredita, continue buscando entendimento e ajude outros a entenderem! E caso você ainda tenha alguma dúvida, apenas acompanhe as profecias antigas, os cumprimentos ao longo da história e veja que outras tantas continuam se cumprindo. Não faça como muitos fizeram no passado e muitos ainda fazem. Não desacredite! Conheça e confirme o cumprimento, anuncie a outros e aguarde o Dia do Senhor do lado certo: do lado da alegria pelo cumprimento definitivo das profecias!


Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 17/03/10 por e-mail.