Tempo de Missões e Milagres

16/03/2010


Atos dos Apóstolos 8.4-8

4 No entanto, os que foram dispersos iam por toda parte, anunciando a palavra.
5 E descendo Filipe à cidade de Samaria, pregava-lhes a Cristo.
6 As multidões escutavam, unânimes, as coisas que Filipe dizia, ouvindo-o e vendo os sinais que operava;
7 pois saíam de muitos possessos os espíritos imundos, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos foram curados;
8 pelo que houve grande alegria naquela cidade.


Houve perseguição. E isso fez com que alguns dos que já tinham abraçado a fé tivessem que se afastar, fossem para outros lugares, para que pudessem continuar vivendo a fé e anunciando para outros. A perseguição começou em Jerusalém, afinal era lá que tinha o "foco" principal da nova fé. E num primeiro momento, os que saíram de lá puderam exercer seu ministério, o que permitiu que o Evangelho começasse a avançar por outros lugares. Já havia notícias sobre o Evangelho em vários lugares, mas as pessoas iam atrás, em Jerusalém. Agora, era possível ter novos lugares com liderança convertida ao Cristianismo! Era tempo de missões!

O texto de hoje conta sobre o que Filipe fez. Atos 1.8 falava os apóstolos seriam testemunhas em Jerusalém, Judeia, Samaria e confins da terra. Filipe estava em Samaria e o povo queria ouvir, saber da verdade, ver e viver os milagres, a libertação, aquilo que o Senhor faria através de seu servo naquele lugar.

Samaria fica feliz, alegre com o que Filipe lá estava fazendo. As coisas estavam acontecendo e o povo queria saber mais, viver mais. A realização de milagres não deve servir para espetáculo! Mas para a libertação de condições físicas, para testemunho, para anunciar o Senhor. Não deve ser apenas para deleite da plateia reunida! Deve ter um fim específico: exaltar ao Senhor. Não ao pregador, não a quem recebe a cura, mas ao Senhor. É claro que a notícia que Deus está agindo através de uma pessoa chama a atenção e o nome da pessoa acaba sendo registrado e guardado! Podemos falar isso, mas temos que ter consciência que o milagre é para anunciar ao Senhor! A libertação, física ou espiritual, deve exaltar ao Senhor.

Para vivermos esse tempo de missões e milagres, devemos buscar a vontade do Senhor. Muitos pensam que isso vem na calmaria, que quando algo está errado, é porque há pecado ou algo errado. Mas Filipe e tantos outros foram para outros lugares por conta de uma perseguição! Algo que, do ponto de vista humano, não é nada bom. Mas de algo ruim, o Senhor fez algo muito melhor, porque aquelas pessoas estavam prontas a realizar Sua vontade, vivendo uma vida de santidade, buscando agradar ao Senhor. Que possamos viver assim e se o Senhor nos permitir, que os sinais aconteçam! Mas para testemunho! Para anúncio. E ao vivermos uma vida que busca a vontade do Senhor, já estamos anunciando o Seu querer! Mais uma vez vou insistir num ponto que já escrevi em outras ocasiões: fazer a vontade do Senhor é ir além de fazer o que parece certo! É fazer o que Ele quer para nós. Apenas o certo pode não ser a vontade de Deus para nós, pode ser para outro! Nem todos são missionários entre outros povos! Apesar de não ser errado ser missionário. Que possamos buscar a vontade do Senhor e vivamos para anunciar o Seu amor!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 16/03/10 por e-mail.