Salmo 119.81-88

07/01/2010

 


81 Desfalece a minha alma, aguardando a tua salvação; espero na tua palavra.
82 Os meus olhos desfalecem, esperando por tua promessa, enquanto eu pergunto: Quando me consolarás tu?
83 Pois tornei-me como odre na fumaça, mas não me esqueci dos teus estatutos.
84 Quantos serão os dias do teu servo? Até quando não julgarás aqueles que me perseguem?
85 Abriram covas para mim os soberbos, que não andam segundo a tua lei.
86 Todos os teus mandamentos são fiéis. Sou perseguido injustamente; ajuda-me!
87 Quase que me consumiram sobre a terra, mas eu não deixei os teus preceitos.
88 Vivifica-me segundo a tua benignidade, para que eu guarde os testemunhos da tua boca.


Este trecho refere-se a 11ª letra do alfabeto hebraico -
כ - "kafe".

O salmista mostra a realidade de uma vida com dificuldades, com problemas. Em nossos dias, a espiritualidade é levada como se não passássemos por dificuldades, por problemas. Muitos até pensam que passar por situações contrárias pode demonstrar vida em pecado ou falta de fé. Algumas vezes pode até ser. Mas não é em todas as vezes. Há situações que, como o salmista, estamos desanimados, tristes, abatidos. Mas não desesperados a ponto de não esperar por mudança ou não acreditar que seja possível mudar o quadro.

Essa é a nossa diferença: nós sabemos em QUEM confiar. Passamos por problemas, dificuldades e até privações. Mas sabemos que o cuidado do Senhor está sobre nós, nos dando forças para enfrentar as dificuldades e nos dando a libertação, trazendo a possibilidade de mudança no devido tempo. Sabemos que podemos esperar no Senhor, mesmo no meio das dificuldades. Até mesmo enfrentando problemas, podemos sentir a Paz que está acima do entendimento humano. As pessoas poderão até achar estranho que estejamos bem mesmo no meio de dificuldades até mesmo visíveis. Mas a Paz do Senhor é uma realidade mesmo nos momentos difíceis e experimentamos isso!

Assim, não negue seus problemas, suas dores, suas chateações. Mas não se entregue para elas! Saiba que seu Redentor vive e mesmo no meio das dificuldades, Ele está com você. E Dele virá a melhor resposta. Basta continuar confiando! Se precisar chorar, chore. Mas não se entregue ao desânimo. Creia que do Senhor vem a melhor resposta!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 07/01/10 por e-mail.