Somos chamados para Louvar

11/11/2009

 

Salmo 117

1 Louvai ao Senhor todas as nações, exaltai-o todos os povos.
2 Porque a sua benignidade é grande para conosco, e a verdade do Senhor dura para sempre. Louvai ao Senhor.


Um salmo curto, mas com um convite profundo: Louvai ao Senhor. Em algumas traduções aparece "Aleluia" - Louvado seja o Senhor!

Ao louvar, o fazemos por ter razões para engrandecer, agradecer, reconhecer..., e por aí vai. O ato de louvar é essa expressão de gratidão, de reconhecimento, pelo que o Senhor é ou fez. Na adoração, somos impactados com as maravilhas do Senhor, temos um "primeiro contato" e, maravilhados, adoramos ao Senhor. Mas o Louvor é um ato de quem já foi impactado, já passou pela surpresa, e agora, reconhece, exalta, proclama, anuncia e convida outros para louvar ao Senhor por conta de Sua atuação.

O convite neste salmo é para louvar ao Senhor. Um convite para que todos os povos façam isso. Para que todas as nações reconheçam o Senhor. Mas... Por que esse convite para louvar? Porque a Benignidade, a Misericórdia do Senhor é grande. Ela manifesta o cuidado e a proteção, além de nos poupar diante de muitas situações que até mereceríamos punição! Além disso, a Verdade, a Fidelidade do Senhor dura para sempre, o que quer dizer que, uma vez que o Senhor é Misericordioso hoje, se mostrou assim no passado, Ele continuará sendo assim. Logo, temos motivos de sobra para louvar ao Senhor. Queremos esperar apenas o momento da "Bênção", aquele momento onde nossa necessidade ou nosso clamor é atendido. Mas não somos convidados para louvar apenas quando temos as nossas respostas. Nesse momento também, e devemos testemunhar, para que outras pessoas tomem consciência do agir do Senhor. E, a partir do nosso testemunho, devemos convidar as pessoas para acreditarem que o Senhor pode responder, mas mais que isso, convidar para o Louvor, pois a Misericórdia do Senhor dura para sempre. Não louvar apenas com respostas concretas ao que esperamos, mas também por isso. Agora, ir além no louvor e exaltar ao Senhor por Sua misericórdia, independente de respostas pessoais. Louvai ao Senhor!


Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 11/11/09 por e-mail.