Somos chamados para tomar posse da bênção

01/04/2009

 

Josué1.1-5

1 Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, falou o Senhor a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo:
2 Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel.
3 Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei, como eu disse a Moisés.
4 Desde o deserto e este Líbano, até o grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo.
5 Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei.


No começo do livro do Êxodo, vemos o plano para a escravidão de Israel, o nascimento e o cuidado de Deus para com Moisés e seu chamado. Ao chamar Moisés, Deus deixa claro que ouviu o clamor do povo no meio da angústia da escravidão. Ia atender o pedido do povo, tirando-os da escravidão, mas sabemos que a resposta de Deus ia além: ia dar a bênção completa! Josué mostra isso!

Muitas vezes clamamos e esperamos bênçãos da parte de Deus. Há pessoas que chegam a nos incentivar a "tomar posse da bênção", mas fica parecendo que a bênção é aquilo que esperamos como resposta. Em algumas situações, pode até ser. Mas devemos levar em conta que, quando nossa vida está nas mãos do Senhor, os nossos pedidos podem ser atendidos exatamente da forma como pedimos, como o Senhor pode agir de outra forma. De um jeito ou de outro, o agir do Senhor será sempre o melhor. Algumas vezes, o melhor é exatamente o que pedimos! Mas há um grande número de vezes que o nosso pedido será atendido além de nossas expectativas iniciais. Porque se nossa vida está nas mãos do Senhor, Ele fará o melhor!

Será que estamos prontos para receber o melhor da parte de Deus, ou queremos apenas aquilo que realmente pedimos? O povo não estava preparado para tomar posse da bênção que o Senhor tinha! Eles queriam sair da escravidão, mas talvez alguns até pensassem em continuar no Egito ou viver em outros lugares, sem tanta preocupação. Mas a bênção que o Senhor tinha para o povo era maior que apenas deixar a escravidão: era para sair da escravidão, sair do Egito, ser tratado por Deus e conhecer Sua vontade, ser suprido em suas necessidades por Deus e tomar posso da Terra Prometida, para estabelecer ali a Nação! Mas o povo parecia que não estava preparado. No caminho, duvidou diante de alguns problemas. Ao chegar na Terra Prometida, mesmo vendo toda a intervenção milagrosa de Deus e sabendo o que poderia esperar, tiveram medo. Aí, Deus tratou com esse povo durante os anos de deserto, para que os filhos pudessem tomar posse da Terra. A bênção era maior que a que eles imaginaram e eles não estavam preparados para tomar posse!

Tome posse de sua bênção! Mas saiba: pode ser que o Senhor tenha algo maior para você como bênção que apenas o seu pedido específico. Ele poderá dar sua bênção de uma forma diferente da que você espera, mas saiba que Ele estará preocupado em fazer o melhor para você. Esteja preparado para receber a bênção do Senhor. Não espere apenas a "libertação da escravidão", mas esteja pronto para receber do Senhor, além disso, a "terra prometida". Se o Senhor fizer exatamente o que você pediu, que bom! Sua sintonia com Ele estava tão fina que você conseguiu entender nos mínimos detalhes o melhor de Deus para você. Mas se Ele fizer diferente, esteja pronto para tomar posse da bênção de Deus para você. Pode ser que sua sintonia esteja fina, mas Ele queira mostrar que pode ir além do que você pediu, para que seja dado testemunho. Aí, seu pedido será para mostrar que Deus pode fazer muito mais do que pedimos ou pensamos (aliás, a Bíblia diz exatamente isso!). E se sua sintonia não estiver fina, aproveite o momento para colocar as coisas em ordem e realmente tomar posse da bênção de Deus para você. Não chegue na "porta" da "terra prometida" e duvide que aquilo é para você. Se Deus levou você para aquela bênção, tome posse dela! Ele próprio vai te ajudar e você terá muito o que testemunhar sobre o agir do Senhor, podendo impactar muitas vidas, para a glória de Deus!

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 01/04/09 por e-mail.