Salmo 75

10/04/2008

 

Deus é juiz
Ao mestre de canto. Segundo a melodia
"Não destruas". Salmo de Asafe. Cântico

1 Damos-te graças, ó Deus, damos-te graças, pois o teu nome está perto; os que invocam o teu nome anunciam as tuas maravilhas.
2 Quando chegar o tempo determinado, julgarei retamente.
3 Dissolve-se a terra e todos os seus moradores, mas eu lhe fortaleci as colunas.
4 Digo eu aos arrogantes: Não sejais arrogantes; e aos ímpios: Não levanteis a fronte;
5 não levanteis ao alto a vossa fronte, nem faleis com arrogância.
6 Porque nem do oriente, nem do ocidente, nem do deserto vem a exaltação.
7 Mas Deus é o que julga; a um abate, e a outro exalta.
8 Porque na mão do Senhor há um cálice cujo vinho espuma, cheio de mistura, do qual ele dá a beber; certamente todos os ímpios da terra sorverão e beberão as suas fezes.
9 Mas, quanto a mim, exultarei para sempre, cantarei louvores ao Deus de Jacó.
10 E quebrantarei todas as forças dos ímpios, mas as forças dos justos serão exaltadas.



Este salmo é mais atribuído a Asafe.

O salmo 74 é a manifestação de expectativa por uma manifestação divina. Os salmos 75 e 76 parecem ser uma continuidade com esse salmo 74, manifestando a certeza da majestade do Senhor, de Seu agir e cuidado.

Podemos achar que algo está demorando para acontecer. Mas Deus age no melhor momento. Ainda que pareça demorado, podemos confiar, pois não está sendo demorado. O tempo de atuação do Senhor é o melhor tempo, não o nosso! Não adianta fazer exigências ou "determinar"! Se o que deve acontecer é a vontade do Senhor, devemos estar submissos a isso, confiando em Sua misericórdia.
Ainda que pareça que o ímpio está bem, um dia ele terá que responder por permanecer como ímpio. Pode parecer que as coisas estão em ordem, mas elas não estão! Se não houver arrependimento, mudança de caminho, o ímpio terá problemas. Não há como fugir do Dia do Senhor.

Muitas vezes, as pessoas tentam mostrar que são capazes, em sim mesmas, de muitas coisas. Acham que podem muita coisa, e esquecem que se não fora o Senhor... Devemos confiar no Senhor, mesmo que seja para realizar uma tarefa que estamos acostumados.
Agindo assim, a cada momento poderemos louvar ao Senhor, pois saberemos que Ele estará por trás de cada situação que acontecer conosco. Poderemos louvar até diante de problemas! É verdade! Porque vamos notar que a misericórdia do Senhor foi tamanha que não permitiu que o problema fosse maior. Vamos notar o agir do Senhor em cada uma das situações que passamos e veremos mais claramente o livramento, a solução que o Senhor dá para cada uma das situações que passamos.

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 10/04/08 por e-mail.