A Bíblia e o muro

06/11/2007

 

Tinha pensado em enviar nas próximas sextas-feiras textos sobre a Bíblia, algumas experiências, testemunhos, essas coisas. Mas, como encontrei alguns textos e teríamos algumas semanas para enviar textos a cada sexta-feira, resolvi mudar essa semana e enviar a partir de hoje alguns desses textos. Depois, na próxima semana, continuamos fazendo o envio desses textos sobre a Bíblia na sexta-feira.

Fazemos, assim, esta semana um especial sobre a Bíblia. Ontem, seguiu a música desta semana e de hoje até sexta, seguem alguns dos textos que tenho por aqui.

Bíblia e o Muro

Na Itália, certo pedreiro levantava o muro de uma linda casa, recém-construída, quando foi interrompido por uma mulher que, gentilmente, lhe oferecia um livro. O livro era um exemplar da Bíblia Sagrada. A mulher era uma humilde missionária.

Examinando displicentemente o volume, o operário não relevou o menor interesse em possuí-Lo. Estava preocupado com outras coisas. Não lhe sobrava tempo para leitura que se lhe apresentava muito pouco ou nada atraente.

Mas a insistência da missionária foi tal que o pedreiro acabou aceitando o oferecimento. E, pegando a Bíblia, assim que a missionária se despediu, colocou-a num dos vãos abertos do muro, entre as pedras, fazendo-a desaparecer, coberta pelo reboco. Rindo da façanha, o irreverente trabalhador prosseguiu em sua obra que foi concluída, logo a seguir.

Muitos anos depois, aquela aldeia italiana foi sacudida por violento tremor de terra, e muitas casas desmoronaram. Entre as ruínas, porém, mantinha-se em pé, embora bastante abalado, um velho muro. Urgia derrubá-lo de uma vez, pois que estava oferecendo perigo iminente aos que passavam.

Munido de suas ferramentas, um outro trabalhador, dirigindo-se aquele muro condenado, disse: "Vou colocá-lo abaixo. Talvez encontre um tesouro escondido nele".

Em certa altura da demolição, o operário descobriu, escondido entre as pedras, maravilhosamente preservado, um Livro. Era aquela mesma Bíblia que, anos antes, havia sido posta ali, pelo operário que levantara aquele muro.

Apropriando-se do singular achado, o modesto demolidor de paredes levou-o para casa. Sentindo a beleza de sua leitura, passou a reunir, diariamente, a família para ouvir ensinos tão preciosos. E a Bíblia, sozinha, começou a cumprir a gloriosa missão de transformar aqueles corações, modificando aquele lar...

Tudo porque um homem, nos escombros de um muro arruinado, encontrara o maior tesouro da terra!

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 06/11/07 por e-mail.