Comentário de livro Bíblico: Provérbios

15/10/2007

 

Autoria e Data 
Salomão, rei de Israel, era filho de Davi e de Bate-Seba. Foi na época de seu pai que o impulso literário se tornou muito forte em Israel e muitos dos livros que temos no Antigo Testamento foram organizados durante esse tempo.

Influenciado por isso e, claro, pela capacidade de escrever Salmos de seu pai, Salomão nos deixou mais livros do que qualquer outro escritor pessoalmente do Antigo Testamento. Isso, claro, sem contar Moisés que, direta ou indiretamente, é o autor dos 5 primeiros livros da Bíblia (o Pentateuco). Sendo considerado “mais sábio do que todos os homens” (1 Reis 4.31), foi o autor de 3 livros no Antigo Testamento sobre sabedoria (quer para viver bem, sobre as coisas da vida ou do amor) e ainda deixou sua marca no Livro dos Salmos.

Além de Salomão, Provérbios ainda tem participação de Agur e do rei Lemuel, dos quais, pouco se sabe. Seus nomes não são israelitas.

Uma vez que o livro de Provérbios também é uma compilação, sua composição estendeu-se por um longo período, com a obra principal datada de cerca de 950 a. C. Os caps. 25-29 são identificados como transcritos pelos “homens de Ezequias”, o que situa a cópia em cerca de 720 a. C., embora o material em si fosse de Salomão, talvez retirado de um documento encontrado no tempo de Ezequias.

O Livro
O livro de Provérbios é mais que apenas uma coleção de provérbios. Podemos entender como uma coleção de coleções. São muitos provérbios, sobre os mais variados temas. Mas o tema principal que podemos notar através dos mais variados conselhos encontrados no livro é: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria” (9.10). Se fosse para resumir Provérbios, faria assim. É claro que temos que ler o livro para conhecer os mais variados conselhos que nos auxiliam na caminhada. Mas esse é o tema principal de Provérbios: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria”.
  
Esboço de Provérbios
Introdução 1.1-7
 
I. Avisos de um pai e advertências da Sabedoria 1.8 - 8.36
  A riqueza obtida por violência 1.8-19
  Advertências da Sabedoria 1.20-33
  Avisos de um pai 2.1 - 7.27
  Advertências da Sabedoria 8.1-36
 
II. O caminho da Sabedoria em oposição ao caminho da Loucura 9.1-18

III. Provérbios de Salomão e palavras do sábio 10.1 - 29.27
  Provérbios de Salomão 10.1 - 22.16
  Palavras do sábio 22.17 - 24.22
  Palavras do sábio - segunda coleção (compilado pelos homens de Ezequias) 25.1 - 29.27

IV. Provérbios de Agur 30.1-33

V. Provérbios do rei Lemuel 31.1-31

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 15/10/07 por e-mail.