Salmo 46

06/09/2007

 

Deus é o nosso refúgio e fortaleza
Ao mestre de canto. Dos filhos de Corá.
Em voz de soprano. Cântico

1 Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
2 Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude e ainda que os montes se projetem para o meio dos mares;
3 ainda que as águas rujam e espumem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.
4 Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o lugar santo das moradas do Altíssimo.
5 Deus está no meio dela; não será abalada; Deus a ajudará desde o raiar da alva.
6 Bramam nações, reinos se abalam; ele levanta a sua voz, e a terra se derrete.
7 O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.
8 Vinde contemplai as obras do Senhor, as desolações que tem feito na terra.
9 Ele faz cessar as guerras até os confins da terra; quebra o arco e corta a lança; queima os carros no fogo.
10 Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra.
11 O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.

Este salmo também é atribuído aos filhos de Corá.

Podemos dividir o Salmo em 3 partes: versículos 1 a 6, 7 a 10 e 11. Os versículos iniciais de cada parte falam que o Senhor é o nosso refúgio. Isso é declaração de certeza de apoio e cuidado, independente das situações que acontecem ao redor, independente dos problemas enfrentados. No Senhor, temos refúgio!

Não há perigo que possa nos atormentar. Podemos passar por ele, podemos nos deparar com o perigo. Mas o cuidado do Senhor é sobre nós. O Seu cuidado, nos dando refúgio, nos ajuda a enfrentar a dificuldade. Muitas vezes, somos poupados dela! E em outras, quando temos que enfrentar, temos o cuidado e a certeza de amparo do Senhor. O Seu cuidado nos motivando, nos dando conforto, força e, claro, a solução.

Confiados na presença e no refúgio que temos no Senhor, as inquietações são deixadas de lado. A alegria que experimentamos por ter a certeza desse cuidado e a paz que o Senhor nos dá, além da capacidade de compreensão humana, nos fortalece para enfrentarmos a dificuldade. Mesmo antes da solução, a certeza de cuidado do Senhor, sentir Sua presença, já nos dá uma antecipação do que será no momento em que a inquietação for resolvida.

Não há o que chefes políticos reconhecidos possam fazer. Qualquer atitude, qualquer direção, se tornará em nada diante da fala do Senhor. As nações se derretem, diz o Salmo.

Nossa confiança não pode estar em líderes humanos, quer seja na política ou em outras esferas da vida. Cito a política especificamente, pois o Salmo fala sobre isso (v. 6). Claro que temos que respeitar as autoridades (concordando ou não com elas). Mas nossa confiança não pode estar em nenhum tipo de autoridade, a não ser na autoridade do Senhor.

E confiar nessa autoridade é, definitivamente, a melhor coisa que podemos fazer. A melhor resposta, a melhor direção, a força, a solução, o livramento..., enfim, tudo vem do Senhor, nosso refúgio. E Ele está conosco! Tudo o que devemos fazer é confiar e obedecer. Assim, poderemos desfrutar desse refúgio.
 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 06/09/07 por e-mail.