Comentário devocional do Apocalipse

28/03/2007

 

Apocalipse 11.3-14

3 E darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco.
4 Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da terra.
5 E, se alguém lhes quiser fazer mal, fogo sairá da sua boca, e devorará os seus inimigos; e, se alguém lhes quiser fazer mal, importa que assim seja morto.
6 Estes têm poder para fechar o céu, para que não chova, nos dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda a sorte de pragas, todas quantas vezes quiserem.
7 E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra, e os vencerá, e os matará.
8 E jazerão os seus corpos mortos na praça da grande cidade que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde o seu Senhor também foi crucificado.
9 E homens de vários povos, e tribos, e línguas, e nações verão seus corpos mortos por três dias e meio, e não permitirão que os seus corpos mortos sejam postos em sepulcros.
10 E os que habitam na terra se regozijarão sobre eles, e se alegrarão, e mandarão presentes uns aos outros; porquanto estes dois profetas tinham atormentado os que habitam sobre a terra.
11 E depois daqueles três dias e meio o espírito de vida, vindo de Deus, entrou neles; e puseram-se sobre seus pés, e caiu grande temor sobre os que os viram.
12 E ouviram uma grande voz do céu, que lhes dizia: Subi para aqui. E subiram ao céu em uma nuvem; e os seus inimigos os viram.
13 E naquela mesma hora houve um grande terremoto, e caiu a décima parte da cidade, e no terremoto foram mortos sete mil homens; e os demais ficaram muito atemorizados, e deram glória ao Deus do céu.
14 É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá.


No texto de hoje, João fala sobre a atuação das Duas Testemunhas que, vestidas de pano de saco, terão um importante papel durante 3 anos e meio ou 1.260 dias, a metade do tempo da Última semana profética de Daniel ou da Grande Tribulação.

Sua vestimenta mostra que são profetas. E o texto revela que são testemunhas, que "são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da terra" (v. 4). Muitos especulam que se trata de Elias e Moisés. O segundo, por conta do v. 6, pelo menos uma parte, pois parece que faz as mesmas coisas que aconteceram no Egito.

Elias, tudo bem! Não passou pela morte e foi levado aos Céus num carro de fogo (2 Reis 2.11)

Mas...

Moisés morreu! Diz o texto que o Senhor enterrou seu corpo (Deuteronômio 34.5-6).

Pelo que lemos no texto, as testemunhas irão profetizar por 1.260 dias, terão poderes e ninguém as ferirá, mas no final desse prazo, a besta que vem do abismo vai matar as duas testemunhas. O povo, que sentiu-se afligido com o tempo das duas testemunhas, achando que elas faziam coisas ruins, vai celebrar como se fosse um grande natal, com trocas de presentes e tudo mais! As duas testemunhas vão morrer!

Se Moisés já morreu e é dado ao homem morrer uma vez e depois disso vem o juízo (Hebreus 9.27), ele não pode estar aqui. Vai morrer de novo?

Elias pode ser uma das testemunhas, pois ainda não passou pela morte. Existe outro personagem Bíblico que não passou pela morte? Existe! Enoque: Gênesis 5.24 - E andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si. Os outros citados acima e abaixo desse texto que destaco, morreram e o texto declara abertamente isso. Mas com Enoque, o texto trata diferente.

E não me lembro de nenhuma outra passagem Bíblica que dê conta que mais alguém não passou pela morte. Até Jesus passou por ela, para vencê-la com a ressureição. Assim, entendo que se for para definir quem são as duas testemunhas, temos que dizer que são Enoque e Elias. E o poder dado a Moisés para fazer o que fez no Egito quem o deu foi o Senhor, logo, qualquer outra pessoa pode fazer as mesmas coisas aos olhos humanos, desde que o Senhor faça através dela espiritualmente.

A morte dessas testemunhas será tão comemorada e esperada que o povo nem vai querer que seus corpos sejam enterrados rapidamente. Querem apreciar o corpo inerte dos dois. Mas ao cabo de 3 dias e meio, as duas testemunhas ressuscitam! Alguns verão esses que antes estavam mortos e expostos para apreciação pública para conferir suas mortes em pé novamente e vão temer! Os que queriam comemorar sua morte verão as duas testemunhas vivas e subindo aos Céus depois de chamadas para lá.

O que se segue a isso é um terremoto que vai matar muitas pessoas. E quem escapar e se der conta do que Deus está fazendo e ainda se arrepender nesses que serão os últimos dias da humanidade (período da Grande Tribulação) antes do reinado milenar de Cristo, darão glória ao Senhor, reconhecendo que Ele está agindo.

Este é o segundo ai! A profecia das testemunhas, o que elas podem fazer (os sinais) e o terremoto que mata várias pessoas depois da ressureição das testemunhas e sua subida aos Céus. Ainda terá um terceiro ai, que nem mesmo é mencionado diretamente no Apocalipse. Então... o Fim para o novo Começo!

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 28/03/07 por e-mail.