Salmo 24

15/02/2007

 

A vinda do Rei da Glória
Salmo de Davi

1 DO Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam.
2 Porque ele a fundou sobre os mares, e a firmou sobre os rios.
3 Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo?
4 Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.
5 Este receberá a bênção do Senhor e a justiça do Deus da sua salvação.
6 Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó. (Selá.)
7 Levantai, ó portas, as vossas cabeças; levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.
8 Quem é este Rei da Glória? O Senhor forte e poderoso, o Senhor poderoso na guerra.
9 Levantai, ó portas, as vossas cabeças, levantai-vos, ó entradas eternas, e entrará o Rei da Glória.
10 Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos Exércitos, ele é o Rei da Glória. (Selá.)


Ao Senhor pertencem todas as coisas.

Como Soberano, Ele espera que O adoremos, que reconheçamos a verdade do que Ele é. Ele não deixará de ser se não O reconhecermos, mas Ele nos chama a esse reconhecimento e quer intimidade, relacionamento conosco. Mas nos chama para a adoração com integridade, com santidade. Devemos nos aproximar Dele para isso, mas buscando a santidade, deixando o erro, o pecado. E em Jesus o próprio Senhor providenciou a forma para que possamos ser limpos do nosso pecado e alcancemos a Justificação pela Fé!

No versículo 4 vemos a forma como devemos nos apresentar diante do Senhor. E conseguimos isso hoje tendo nossa vida nas mãos de Jesus, ouvindo o que o Espírito Santo quer de nós e realizando assim a vontade do Pai e não a nossa, que pode até parecer boa, mas nos levará para um caminho de destruição. Quando os desejos do nosso coração refletirem o querer do Senhor para nós, teremos esses desejos atendidos, pois será a manifestação da vontade do Senhor sobre nós!

Devemos nos levantar e reconhecer que só o Senhor é Deus! Levantar em adoração, em manifestação da Sua vontade, não apenas o ato físico de levantar! Mas levantar em testemunho, em louvor, em anúncio de Sua palavra e vontade. Levantar em reconhecimento do Senhor e anunciar a cada dia o Seu domínio e Sua verdade. Anunciemos! MARANATA!

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 15/02/07 por e-mail.