Comentário devocional do Apocalipse

17/01/2007

 

Apocalipse 8.1-6

1 E, HAVENDO aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora.
2 E vi os sete anjos, que estavam diante de Deus, e foram-lhes dadas sete trombetas.
3 E veio outro anjo, e pôs-se junto ao altar, tendo um incensário de ouro; e foi-lhe dado muito incenso, para o pôr com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro, que está diante do trono.
4 E a fumaça do incenso subiu com as orações dos santos desde a mão do anjo até diante de Deus.
5 E o anjo tomou o incensário, e o encheu do fogo do altar, e o lançou sobre a terra; e houve depois vozes, e trovões, e relâmpagos e terremotos.
6 E os sete anjos, que tinham as sete trombetas, prepararam-se para tocá-las.


Vemos João ainda verificando os acontecimentos a partir do ponto de vista de quem olha do céu. Ele nota o silêncio no céu no momento que o sétimo selo é aberto e vê algo mais: o Anjo com incenso, para oferecer isso junto com as orações dos santos.

Não duvide: sua oração chega até o Senhor! O texto está mostrando que as orações dos santos chegaram ao Senhor com o incenso nesse momento, mas isso não quer dizer que sua oração só vai chegar ao Senhor naquele momento. Essas oração são aquelas de angústia, de sofrimento, de esperança também, aguardando a Volta do Senhor, clamando pelo fim do governo humano, clamando pelo início do Reino de Deus, onde o Senhor Jesus venha governar.

Por isso não devemos deixar de clamar: MARANATA!!!

Depois que o Anjo oferece incenso e as orações sobem, o incensário é atirado até para a terra. Vemos nesse momento alguns eventos climáticos e vozes. E logo após inicia-se o processo das sete trombetas, que veremos a partir da próxima semana.

Não se engane: o processo ainda não começou! Alguns acham que já estamos vivendo alguns eventos do Apocalipse! Mas não!!! Esse é o início do fim, como vemos no sermão profético de Jesus no final do evangelho de Mateus. Ele mesmo deixa claro que os eventos que vemos em nossos dias (guerras, rumores de guerras, terremotos e coisas do tipo) são apenas o principio. Não é o fim! Esses eventos que o Apocalipse relata estão dentro da Última semana profética de Daniel (tempo em que o Senhor volta a tratar com os Judeus e o tempo da Lei volta a ser uma realidade - esse período foi interrompido antes do final, antes dessa última semana - só 69 foram cumpridas da profecia de Daniel, com Jesus e o tempo da Graça) que, entendo, começa com a assinatura do Acordo de Paz de 7 anos, tentando resolver os problemas no Oriente (Palestina e Israel - há muito tempo se tenta isso...) e tentando acalmar o mundo que estará atônito com o desaparecimento de várias pessoas (arrebatamento), um cenário muito interessante para o aparecimento de um líder mundial tentando acalmar a situação (o Anti-Cristo). Mas pelo que entendo, já não estaremos por aqui. Quem ficar deve saber o que vai acontecer, para tentar fugir e ajudar outras pessoas a fugirem do engano que será ainda maior naqueles dias, tentando fazer com que as pessoas pensem que as coisas que estarão acontecendo não são exatamente o que a Bíblia revela que serão!!! Por isso, precisamos saber o que vai acontecer, anunciar para que as pessoas não sejam enganadas com histórias erradas sobre o arrebatamento e sobre os eventos que estarão acontecendo. Só quem possui o Espírito Santo pode discernir essas coisas e por isso, mesmo que não passemos por esse período, é necessário que o conheçamos e o anunciemos!

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 17/01/07 por e-mail.