Obediência

15/08/2006

 

Apocalipse 10.8-11

8 E a voz que eu do céu tinha ouvido tornou a falar comigo, e disse: Vai, e toma o livrinho aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e sobre a terra.
9 E fui ao anjo, dizendo-lhe: Dá-me o livrinho. E ele disse-me: Toma-o, e come-o, e ele fará amargo o teu ventre, mas na tua boca será doce como mel.
10 E tomei o livrinho da mão do anjo, e comi-o; e na minha boca era doce como mel; e, havendo-o comido, o meu ventre ficou amargo.
11 E ele disse-me: Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis.

Lendo esse texto eu fico pensando na questão da obediência. É claro que profeticamente podemos pensar em outra situação envolvendo esse texto e vamos conversar sobre isso em uma das quartas-feiras que estão por vir, se nos permitir o Senhor, quando chegarmos a parte desse texto no livro de Apocalipse.
 
Mas hoje eu quero pensar sobre obediência. Obediência que levou João a tomar o livro, comer, por mais estranho que possa parecer comer um livro, e ainda mais sabendo que seria doce num momento e amargo em outro! Mesmo sabendo que teria alguma complicação, ele não titubeou! Comeu o livrinho! Quantas coisas que o Senhor nos ordena que nem são tão complicadas e que muitos deixam de lado... Quanto mais coisas estranhas como essa! Aí que não obedecem mesmo.
 
Os discípulos receberam o Espírito Santo depois de obedecerem ao que Jesus ordenou, que deveriam permanecer em Jerusalém até que... Atos 1.4-8.
 
Muitas vezes queremos ter o melhor, mas fugimos de obediência. Queremos os milagres, o poder do Espírito, mas não queremos exatamente obedecer. Mais parece que queremos que o Senhor nos obedeça, nos dando o que queremos na hora que queremos... Vejo isso em muitos pregadores hoje em dia...
 
Só quando buscarmos intimidade com o Senhor poderemos desfrutar de bênçãos maravilhosas. Só vivendo em obediência à Sua vontade, independente de movimentações humanas, é que iremos vivenciar o melhor de Deus para o nosso viver (Isaías 1.19).
 
Assim, convido a cada um a uma vida real de obediência à vontade do Senhor. Busquemos conhecer Sua vontade e obedeçamos! Será dessa forma que veremos coisas grandiosas da parte de Deus. Será assim que mesmo no meio da dificuldade, poderemos experimentar uma paz sem comparação com nada nesta vida. Será assim que veremos o agir do Senhor, nos livrando do mal, independente das dificuldades que encontramos no mundo.

 

Forte abraço.
Em Cristo,
Ricardo, pastor

Esta meditação foi enviada em 15/08/06 por e-mail.